Anvisa suspende o anticoncepcional permanente Essure

O produto foi classificado com risco máximo pela agência de vigilância.

A Anvisa divulgou na última segunda-feira (20/02) um comunicado que suspende o anticoncepcional Sistema Essurre, fabricado pelo grupo Bayer, classificado como de risco máximo.

Segundo a agência de vigilância sanitária, pesquisas feitas com o anticoncepcional afirmaram que ele pode “provocar alterações no sangramento menstrual, gravidez indesejada, dor crônica, perfuração e migração do dispositivo, alergia e sensibilidade ou reações do tipo imune”.

Com a nova resolução, a importação, distribuição e comercialização do produto fica proibida em todo o território nacional.

O Essure é feito de titânio e níquel e, implantado no útero da mulher, obstrui as trompas em 90 dias.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s