“Precisei colocar botox na minha vagina para perder a virgindade”

Conheça o relato de Catriona, que possuía vaginismo, um distúrbio sexual.

Eu sempre soube que perder a virgindade seria difícil – ninguém diz que essa experiência é a melhor de sua vida – mas eu nunca imaginei que levaria seis anos para que isso acontecesse.

Eu sofro de vaginismo, um termo que eu nunca tinha ouvido falar antes até uma amiga minha ver sobre o assunto na TV. Isso significa que os músculos da minha vagina se contraem involuntariamente sempre que qualquer coisa se aproxima das minhas genitais, logo, ficar impossibilidade de transar destruiu a minha autoestima.

Nunca pensei muito sobre o assunto, mas quando chegou no colegial, isso se tornou um problema no meu namoro da época.

Não importa quanto tentássemos, nós não conseguíamos transar. Todo mundo dizia que era difícil, eles falam para você relaxar e tomar uma taça de vinho para ajudar. Eu fiz isso – inclusive tomei muito vinho -, mas, mesmo assim, nunca funcionou.  Além disso, eu também não poderia usar absorvente interno.

 

Garota com vaginismo

(Reprodução/Cosmopolitan)

 

Eu tive sorte, já que meu namorado sempre me apoiou muito nessa questão. No entanto, mesmo com a calma dele em relação a situação, eu ainda estava estressada por ter que enfrentar isso. Todo mundo em torno de mim estava tendo sua primeira vez e eu senti como se eu estivesse perdendo tempo.

Depois de ir à uma ginecologista, a qual eu quase chutei sem querer quando aproximou os dedos da minha vagina, eu descobri que aplicar botox seria uma solução para o meu problema.

Em abril de 2014, eu e minha mãe fomos à Londres para fazer o procedimento. Eu estava sedada, quando eles introduziram três agulhas em meus músculos pélvicos e duas semanas depois eu estava transando com meu namorado. Com penetração. Eu não pude acreditar.

Garota com vaginismo

(Reprodução/Cosmopolitan)

 

 

 

O botox é muito eficaz porque quebra o ciclo do vaginismo; já que essa condição faz com que seu cérebro acredite que a penetração vai doer, então seu corpo reage de forma protetora, apertando os músculos. Com o tratamento, relaxando meus músculos, eu pude ir dilatando minha vagina até conseguir colocar um pênis dentro dela.

 

FONTE: COSMOPOLITAN UK

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s