4 dilemas de sexo solucionados

Experts respondem a dúvidas bem intimas na hora H. Aprenda com essa reportagem e faça a sua transa ficar ainda mais gostosa!

Transar com um homem mais baixo que você não é um problema
Foto: Getty Images

A ginecologista e sexóloga Marilene Vargas, de Curitiba, autora do Manual do Orgasmo, e a ginecologista Jaqueline Brendler, diretora da Associação Mundial de Saúde Sexual, em Porto Alegre ajudam a resolver quatro dilemas na hora do sexo. É pra já!

1- Saio com um cara maravilhoso. O problema é que ele goza muito rápido. Como salvo o meu prazer?

“Para um homem inteligente, a ejaculação não é o fim da transa”, diz Jaqueline. “Ele continua a estimular a mulher com carícias, beijos e movimentos de penetração. A ereção se mantém após o clímax por preciosos segundos, que podem ser suficientes para você conquistar o orgasmo também.” Agora, dá para ajudar o moço a desenvolver o autocontrole encarnando a personal sex-trainer. “A masturbação é um ótimo exercício para condicioná-lo a adiar o orgasmo. Aposte na técnica conhecida por start-stop [começa-pára]”, ensina. Você o estimula até ele sentir que está quase lá. Então, pára tudo! Manda-o respirar fundo e só recomeça as carícias depois que ele se controlar.

2- Meu marido só quer saber de papai-e-mamãe. Como estimulo a criatividade nele?

As duas médicas entregam o melhor truque para transformar essa posição básica em loucura: em vez de manter o rosto do seu homem no mesmo nível que o seu, empurre-o mais para cima, até que o queixo dele esteja na altura dos seus olhos. O bonitão deve se apoiar nos braços, sem encostar o restante do corpo no seu. Essa posição, conhecida como a do gato, faz com que o pênis estimule o clitóris durante a penetração e ainda massageie o ponto G. Outra variação do mesmo tema é o frango assado: você dobra as pernas e leva os joelhos ao encontro do peito. “A posição permite que você abra e feche as pernas, alternando a profundidade da penetração”, conta Marilene. “Dá ainda para tocar os seios e o clitóris, excitando-se mais.”

3- Namoro um homem baixinho e sinto dificuldades na transa. Alguma sugestão?

Na cama, altura não é problema. Qualquer que seja a disparidade, a posição perfeita é de lado, tipo concha. Além de exigir pouco esforço, pode terminar em uma gostosa soneca, com os dois agarradinhos. Se resolver partir para um paquera grandão, explore as delícias de transar no colo dele. “Uma poltrona de braços é confortável e dá total controle à mulher”, sugere Marilene.

4- Sempre chego lá antes do meu namorado. Ouvi dizer que isso faz crescerem minhas chances de ter orgasmos múltiplos. É verdade?

Sim, sua sortuda! Peça a ele que continue os movimentos durante e após o clímax – depois do primeiro, é mais fácil ter o segundo, o terceiro. “Algumas mulheres conseguem ter de quatro a nove orgasmos por relação”, conta Marilene. Exercícios para os músculos pélvicos também turbinam seu talento para orgasmos múltiplos. Importante: “O orgasmo é um reflexo como espirrar”, explica Jaqueline. Quando acontece no mesmo momento, normalmente ninguém estava esperando.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s