A vida secreta do seu namorado

encostamos os homens na parede e descobrimos 23 hábitos masculinos que vão te deixar intrigada

Assim como nós, os homens também se olham no espelho várias vezes ao dia
Foto: Getty Images

Falar com seu amor várias vezes ao dia, passar o fim de semana inteiro grudadinha nele e até morar na mesma casa faz com que vocês se conheçam cada vez mais. Ainda assim, não dá para ter cem por cento de certeza do que ele faz no trabalho, na companhia dos amigos ou até mesmo quando está sozinho da silva.

Será que resiste bravamente ao assédio de uma garota atirada ou se deixa levar? Não lava o copo que usou ou, pior, bebe no gargalo da garrafa mesmo? Conta detalhes do namoro aos amigos? Vasculha suas coisas? Prepare-se para saber a verdade, nada mais que a verdade.

Quando conversa com os amigos

”Confesso que conto muito mais mentiras se minha namorada não está por perto para me lançar aquele olhar de reprovação. Dou uma aumentadinha no valor do meu salário, valorizo a maneira como reclamei com o chefe, multiplico um pouco a quantidade de vezes que transamos na semana… Tudo ganha uma versão bem mais interessante, mais colorida, mais instigante entre um chope e outro, e não quero que ela corte meu barato.” – Henrique, 23 anos

”Combinei de buscar minha namorada no aeroporto justo no dia do futebol com os amigos. Mas é claro que dei uma desculpa mais elaborada aos meus companheiros de bola: aleguei ter um jantar de negócios com o diretor da empresa onde trabalho. Se contasse o real motivo, seria tachado de pau-mandado. E se a Ana soubesse, então, ia rolar DR na certa.” – Maurício, 29 anos

”Conto aos meus amigos todas as brigas bobas que tive com a minha gata e peço que avaliem quem estava certo e quem estava errado na história. Obviamente, sempre dou a minha versão dos fatos – o que acaba rendendo votos a meu favor. Uma vez, falei que ela fez um escândalo absurdo depois de ter encontrado algumas fotos da ex nas minhas coisas. Só omiti deles, claro, que a moça estava nua.” – Denis, 26 anos

Na presença de uma mulher atirada

”Uso a regra da distância: se a minha namorada está a menos de 100 quilômetros, finjo que não é comigo. Se ela está a mais de 100 quilômetros, eu me apresento!” – Fabio, 27 anos

”Toda vez que vou a um barzinho sem a minha namorada, ela me pergunta se tinha alguma mulher na mesma mesa que eu. Se respondo que não, escuto que estou mentindo. Se falo que a garota era feia, continuo desacreditado. Minha estratégia? Digo sim e comento que a fulana se parecia com alguém que minha gata considera menos interessante do que ela (uma colega do trabalho esquisita, uma amiga barriguda…). Isso faz com que ganhe sua competição imaginária em vez de iniciar uma crise de ciúme.” – Fernando, 23 anos

”Se costumo paquerar a funcionária de um café, uma livraria ou danceteria, evito a todo custo aparecer naquele lugar com a minha namorada. Minha estratégia? Comento que fui mal atendido uma vez e não quero nunca mais voltar. Assim fico livre de ser enquadrado por uma ou outra.” – Alan, 24 anos

São e salvo na casa dele

”Minha namorada fica horas na frente do espelho, checando se o bumbum está caído ou procurando algum defeito. Ela nem imagina que, quando vai embora, também fico medindo meu corpo para ver se está tudo ok.” – Carlos, 28 anos

”O que um homem faz quando vocês não estão por perto? Tudo o que as incomoda multiplicado por dez. Por exemplo: beber além da conta, usar deus-sabe-o-quê como toalha. E, no meu caso, acompanhar dois jogos de futebol ao mesmo tempo, um no rádio, outro na tevê.” – Eduardo, 29 anos

”Pego uma tesoura e aparo todas as regiões do meu corpo que ela pensa terem pouco pelo: bumbum, costas e testículos. É um contorcionismo tentar alcançar essas áreas!” – Fred, 27 anos

”Ligo para minha mãe muito mais vezes do que digo à minha namorada. Sinto falta dela. Chegamos a conversar por mais de uma hora, só para colocar o assunto em dia.” – João, 24 anos

”Quando minha mulher sai, eu me sinto livre para soltar gases. É automático.” – Gustavo, 26 anos

”Toda vez que peço pizza com minha garota, fico imaginando o que ela pensaria de mim se soubesse do meu lado glutão. Na sua frente, como dois pedaços. Mas quando estou sozinho devoro uma inteira temperada com pimenta ou mostarda escura.” – Rafael, 27 anos

Veja mais exemplos do que seu namorado pode fazer quando está sozinho na próxima página!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s