Leia um trecho quente do livro “Sorrisos Quebrados”

O guia perfeito para ler e tirar muuuitas ideias para noite hot com seu parceiro!

“Com um pincel na mão, Paola passa-o desde o meu dedo indicador, subindo lentamente pelo pulso. Os pelos finos do pincel atravessam os músculos do meu braço, despertando os nervos, e arrepios percorrem o mesmo caminho. Todos os pelos do meu corpo levantam com as sensações e eu fecho as mãos para não tremer com as súbitas sensações.

 

 É um pincel, pelo amor de Deus.

 

Com lentidão ela mergulha o pincel na tinta e, ainda mais devagar, recomeça tudo. Novamente o meu corpo quase treme e eu fecho ainda mais os punhos na cadeira.

 

Continuo olhando-a, notando que o seu cabelo soltou detrás da orelha e cobriu as suas feições. Tenho vontade de retirá-lo, mas, Oh, ela passa o pincel numa zona qualquer do meu braço que é ainda mais sensível e mordo o lábio para não expirar com a força que desejo.

A minha respiração aumenta e sinto meu peito subindo e descendo com mais intensidade do que há segundos. Paola também morde o dela, completamente concentrada nas tintas, sem imaginar o efeito do seu toque.

 

Mergulha o pincel novamente, repetindo no outro braço. Os fios criam eletricidade quando passam por mim, me arrepiando cada vez mais de uma forma erótica que não deveria estar acontecendo. Fecho os olhos, expirando de uma só vez, e me arrependo porque as sensações são maiores.

 

Ela continua pintando devagar e a cada pincelada eu fecho as mãos com mais força. Quando sinto os joelhos dela tocando os meus, abro os olhos com o coração batendo descontroladamente porque Paola dá um passo a frente, tentando chegar ao meu rosto.

Abro as pernas e ela dá outro passo, ficando entre elas. A meros centímetros do meu rosto, do meu colo, e da vergonhosa consequência de uma parte do corpo que estranhamente não estou conseguindo controlar.

 

 Jesus. O que e está acontecendo?

 

Começa pintando o meu pescoço, as maçãs do rosto e, quando tenta pintar a testa, dá mais um passo em frente, ficando mais próxima daquilo que não consigo controlar. Tão próxima que se o vento soprar ela sente.

 

Observo a sua delicadeza com o pincel no meu rosto. A sua atenção e a forma como me olha enquanto pinta e o erotismo dos gestos. Quando pousa o pincel, expiro novamente atirando a cabeça para trás, começando a relaxar. Sentindo-a mover-se, cometo um erro, olho.

A Paola está inserindo um dedo na tinta e, Cristo, passa esse mesmo dedo nos meus lábios sem retirar o olhar da minha boca que se abre. Todo o meu corpo endurece dolorosamente. Sem pensar, porque é impossível, as minhas mãos soltam a cadeira e agarram sua cintura possessivamente. Ela para, me olhando surpreendida, mas não vejo medo, não vejo tudo aquilo que não faz dela uma mulher linda. Não, não vejo nenhum dos defeitos. Passando o dedo na minha boca está uma mulher sentindo o mesmo que eu. Atraída por algo. Excitada. Querendo ser tocada por mim como eu por ela. Querendo quem eu sou mesmo tendo visto algumas das minhas cicatrizes internas.

 

Os olhos dela caem novamente sobre os meus lábios e as minhas mãos puxam o seu pequeno corpo mais para o meu, até ela perceber o efeito que está causando. Eu sei que ela consegue ouvir a minha respiração. Não dá mais para disfarçar.

 

— Paola — sussurro tão perto dela.

Ela baixa a cabeça.

Eu tiro uma mão da sua cintura, segurando o cabelo que tapava o lado marcado.

Ela deixa o dedo parado nos meus lábios e a minha língua sai vagarosamente, tocando nele. Rodeando-o.

Ela solta um suspiro e eu fecho os lábios à volta dele.

Ela se aproxima e…”

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s