Obcecada pelo ex

Ele terminou o namoro e não está mais na sua há um bom tempo. Mas você continua sonhando com o dia da reconciliação. NOVA tem um plano para ajudá-la a partir para outra

Se a vida dele passou a ser mais importante que a sua, é sinal que você está obcecada pelo ex
Foto: Dreamstime

Vocês foram muito felizes juntos. Se apaixonaram, fizeram planos para o futuro e chegaram a acreditar que haviam sido feitos um para o outro. Infelizmente, o namoro terminou. Naquele momento, foi inevitável emagrecer quilos e mais quilos, perder a concentração no trabalho, chorar até cair no sono, deixar a vida social de lado… Enfim, viver todo aquele luto que faz parte de um processo de separação. A história teria acabado por aqui não fosse um detalhe: mesmo depois de meses e meses você continua alimentando o sonho de que esse romance tem volta.Todos dizem que está mais do que na hora de se livrar desse carma, mas não tem jeito. Você dorme pensando nele, acorda pensando nele. Não consegue se interessar por nenhum pretendente. Vasculha o Orkut do sujeito em busca de amigas suspeitas. Isso quando não faz plantão na porta da casa do cara para controlar seus horários ou, nas crises mais graves de carência, manda mensagens pelo celular implorando outra chance. E viver esse luto é necessário para se recuperar.

O problema é se desligar desse homem. “Se, de uma hora para outra, a vida dele passou a ser mais importante do que a sua, sinal de que está obcecada pelo ex”, avisa o dr. Paulo Gaudencio, psiquiatra e consultor de NOVA. Alimentar esse sentimento é uma grande roubada. Já parou para pensar que ter de pedir migalhas de atenção indica que essa relação desviou do caminho do sucesso? “O amor é para trazer felicidade”, fala a psicóloga Carmen Cerqueira César. “Quando vira sofrimento, alguma coisa está errada”, acredita. E, cá para nós, você não merece se humilhar assim. Por que, então, insiste em fincar os pés no fundo do poço? Talvez esteja se agarrando em certas crenças traiçoeiras que a fazem acreditar que ainda tem volta. Montamos um plano de ação para ajudar você a banir quatro delas. Extermine uma a uma e busque, enfim, seu final feliz!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s