Pompoarismo: um guia para você começar

Cátia Damasceno é especialista no assunto e te ajuda iniciar a prática.

Se você quer melhorar sua saúde íntima e de quebra aprender diferenciais para o sexo com o gato, você precisa se tornar uma pompoarista. A técnica, também conhecida como ginástica íntima, reúne exercícios que irão fortalecer o assoalho pélvico e trazem benefícios como: redução dos sintomas da menopausa e aumento da lubrificação vaginal, aumento da libido e da rapidez para chegar ao orgasmo, capacidade de contrair a musculatura, tanto para aumentar o prazer do parceiro quanto atrasar a ejaculação e combate à flacidez vaginal.

Para te ajudar a começar, criei esse guia que te prova o quanto é fácil. Não precisa de muito tempo nem de acessórios, é só praticar:

 

Escute seu corpo

A primeira dica para você saber se deve ou não começar a praticar o Pompoarismo e de fato começar, é prestar atenção a alguns sintomas do seu corpo como: excesso de cólicas, mulheres que tiveram filhos se após o parto ficou com uma menor sensibilidade na região vaginal ou se você está com problemas de incontinência urinária. Então prestar atenção ao próprio corpo é o primeiro passo para começar.

 

Deixe o tabu de lado

O segundo passo é derrubar qualquer ideia errada de que o pompoarimo é só para o sexo (tem muitos benefícios pra saúde também, quer motivo melhor pra começar?) e segundo, em caso de fazer pelos motivos sexuais, saber que a prática não é só pra trazer prazer pro homem. A primeira agraciada com os benefícios da ginástica íntima é você mesma, depois é que irá aprende umas brincadeirinhas para levar mais prazer ao parceiro.

 

Esvazie a bexiga

Os exercícios são muito simples e podem ser feitos em qualquer lugar – inclusive agora enquanto você lê essas dicas! Porém uma dica fundamental para o início do treino é  que você não pode estar de bexiga cheia, pois isso pode causar infecção urinária, refluxo urinário (que é quando a urina volta para o rim) ou outros problemas ligados ao trato urinário

 

Para começar … silêncio

Agora é hora de começar a praticar e por isso, separe de 10 a 20 minutinhos em um local quieto e sem interrupções para fazer os exercícios e começar a desenvolver essa consciência corporal. Com o passar do tempo você será capaz de fazer isso em qualquer local, mas para esse começo é mais indicado tirar esse tempinho para você.

Mulher de calcinha na cama

(Reprodução/Cosmopolitan)

 

Na prática: exercícios básicos para você começar

#1
No primeiro exercício você vai ficar sentada e fazer o movimento como se estivesse segurando a urina. E aí, você pode fazer isso de duas formas: sentada encostada no sofá ou na cadeira, pois assim irá criar um movimento de propriocepção e vai perceber melhor a contração; ou pode sentar em cima da própria mão que também irá sentir o movimento.

 

# 2
Outro exercício para você é fazer o mesmo movimento de contração, contar até cinco e soltar por cinco segundos, repetindo por dez vezes. Simples né? Então bora começar que em 15 dias de prática você já começará a sentir os benefícios.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s