12 maneiras hot de inovar no sexo anal e ter muito mais prazer

Estas posições do kama sutra foram feitas inicialmente para sexo vaginal. Mas que tal adaptar e deixar o anal ainda mais quente?

Cruzamento safado

Foto: Texto Lynn Collins / Ilustração Eduardo Henrique Você se deita de costas sobre uma mesa, com o quadril bem na beirinha. Levanta as pernas num ângulo de 90 graus e pede ao seu querido que segure seus tornozelos. Ele a penetra e controla a intensidade dos movimentos cruzando e descruzando suas pernas, como se fossem uma tesoura abrindo e fechando.

 

Chave de ouro

Foto: Do livro
Deite-se de bruços na cama e deslize o corpo até o tronco ficar para fora e a palma das mãos no chão, sustentando seu peso. Seu homem toma posição entre as suas pernas e a penetra por trás. Apoiado sobre seus quadris e com o tronco erguido, ele pode se movimentar na direção que o desejo mandar.

 

Ladeira trepidante

Foto: Texto Lynn Collins / Ilustração Eduardo Henrique Você se deita de bruços na cama ou no chão, com as pernas esticadas e ligeiramente separadas. Seu gato senta-se abaixo do seu bumbum, com o peito voltado para o seu rosto, as mãos no chão. Ele deve inclinar-se para trás, formando um ângulo de 45 graus em relação ao seu corpo, para que possa penetrá-la. À medida que ele balança para trás e para a frente, junte as pernas para segurar com firmeza o pênis dele dentro de você e apoie-se nos cotovelos.

 

Cataratas do Iguaçu

Foto: Bo Lundberg
Entrem numa banheira com água morna, que tenha chuveirinho. Ele senta-se com as pernas esticadas e você, no colo dele, apoiando os braços na beira da banheira. Enquanto ela a penetra por trás, dirija a ducha de água para o clitóris.

 

 

Três apoios

Foto: Texto Dalila Magarian / Ilustração Silvia Campos
Ele a penetra na tradicional posição cachorrinho. Você ergue a perna esquerda para trás e depois inverte com a direita para não cansar.

 

Ponte giratória

Foto: Texto Julia Moreira / Ilustração Silvia Campos
Em pé, de costas para ele, abra um pouco as pernas e curve-se para a frente, em direção aos pés, sem flexionar os joelhos. Deixe os braços relaxados ou apoie as mãos para permitir o balanço do corpo durante a penetração. Ele fica atrás, grudado em você e segura seus quadris.


Levadinha

Foto: Do livro
Ele deita-se de costas com a cabeça sobre um travesseiro alto. Você monta sobre ele, oferecendo uma visão privilegiada de seu bumbum subindo e descendo enquanto dá prazer aos dois.

 

Divã do fetichista

Foto: Do livro
Ele deve se sentar num sofá ou poltrona confortável. Suba em seu colo, pernas separadas e joelhos dobrados, encostados no peito do parceiro. Agora, deite-se para trás com cuidado até plantar as mãos no chão – vai precisar delas para sustentar o peso e manter o equilíbrio. Tudo certo? Faça movimentos de vai e vem, ao mesmo tempo em que abre e fecha as pernas.

 

Escalada ao paraíso

Foto: Do livro
Ajoelhe-se na frente do rapaz, cada um em um degrau, como se fossem subir a escada. Ele segura você pela cintura, pressionando seu bumbum contra o corpo. Diga se não é a posição perfeita para uma arrepiante penetração por trás.


Trabalho de casa

Foto: Do livro

Ele deve se sentar no sofá com as pernas esticadas para frente, ligeiramente flexionadas, e pés no chão. Coloque-se de pé entre as penas dele e sente-se em seu colo. Assim que estiver dentro de você, incline-se para frente e apóie os braços na mesinha. Levante os pés do chão e junte as pernas. Deixe que ele puxe você pelos quadris para dentro e para fora.

 

Entrada livre

Foto: Texto Julia Moreira / Ilustração Silvia Campos
Deite-se de costas e levante as pernas, formando um ângulo de 90 graus com o quadril. O gato se ajoelha e sustenta suas pernas no ombro dele, sem deixá-las escorregar. Para se apoiar, ele mantém uma mão de cada lado do seu corpo durante a penetração.

 

Tiro ao alvo

Foto: Texto Dalila Magarian / Ilustração Silvia Campos
Seu namorado se recosta no sofá ou numa poltrona larga com os joelhos unidos. De costas, você senta no colo dele com as pernas afastadas, dobra os joelhos para trás a fim de colocar os pés para cima e se inclina usando o tórax dele como encosto.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. paula siqueira campos

    Eu gosto bastante de sexo anal, mas não com todos os parceiros. Eu sou casada, mas tenho um relacionamento liberal e especial. Então tenho meus namoradinhos – e sexo anal só faço com alguns mais gostosos. Ja meu marido aprendeu a gozar sendo passivo, porque ele usa cinto de castidade. Nós temos um blog com um pouco de nossas estórias da vida real: http://submissocornoecontrolado.blogspot.com.br
    Tem vários capítulos lá, com tudo que fazemos

    Curtir

  2. Maria Rosario

    Maravilhoso o texto!
    Nada melhor que um relacionamento que nos conecta e nos aproxima de nosso companheiro! Sempre faço sexo anal com meu namorado e também sempre procuramos novas maneiras de inovar no sexo, o que mais funciona para nós e que o texto não comentou são as idas ao sex shop! Procure um perto do seu trabalho ou da sua casa para ver como é, ou se for comprar online eu sempre compro no sex shop Planeta Erótico, lá eles sempre entregam os produtos de forma super discreta por isso compro e indico essa loja. Espero que gostem e que o sexo de vocês esteja sempre vivo e quente rs !!
    Beijos!

    Curtir

  3. Olha, o sexo anal com sua parceira tem de ser muito carinhoso. Tenho muita experiência nisso, e com todas as minhas parceiras, inclusive com àquelas que não gostavam inicialmente, tive muito prazer e sucesso. O sexo anal incialmente advém da confiança mútua e depois de muita experimentação. Posso garantir que quando a mulher encontra o prazer em fazer anal, torna-se viciada nesta prática. Muito carinho e muita cumplicidade é o segredo. Assistir a filmes sobre o tema em sites como como http://www.analpornoanal.com e outros ajuda muito. Faça a sua parceira ter confiança, faça ela dominar o jogo, deixe que ela comande o processo. O tempo, aqui, é o da mulher. A recompensa pela paciência na arte desta prática virá depois e será duradoura. O gozar no sexo anal é tão intenso quanto o sexo tradicional. Aventure-se.

    Curtir