Botox: o milagroso apagador de rugas

A prática de recorrer ao botox tem acontecido cada vez mais cedo

Cada vez mais cedo as mulheres estão recorrendo ao uso do Botox
Foto: Getty Images

Ruga? Pare agora!

Às vésperas de completar 20 anos de uso cosmético, a aplicação de Botox é o procedimento estético mais realizado no mundo, segundo dados da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica e Cosmética (Asaps). Muita gente que antes torcia o nariz acabou se rendendo à técnica. “Acredito que se deve, principalmente, a dois fatores”, diz a dermatologista paulistana Ligia Kogos, autoridade no assunto. “Hoje, já podemos afirmar que essa substância é muito segura; e as novas formas de aplicação, que respeitam as necessidades de cada paciente, garantem resultados mais naturais”. De fato, a substância fica mais popular a cada agulhada. Se por um lado o rosto congelado não causa mais rugas de preocupação, por outro se comenta à boca pequena que tem muita mocinha tomando injeção antes da hora. Basta uma rápida olhada no registro das frequentadoras de uma clínica para ver que o perfil delas mudou muito. Se antes a maioria tinha entre 40 e 50 anos, hoje essa faixa etária começa aos 18.

Viciada na toxina

Agora, por que garotas sem sombra de rugas estão aderindo ao tratamento rejuvenescedor? “Para a prevenção”, explica a dermatologista Bhertha Tamura, da Sociedade Brasileira de Dermatologia. “As jovens não querem esperar que as marcas do tempo apareçam”, completa. Precaução? Vaidade demais? “As jovens de hoje são superexigentes e acreditam que devem investir em si mesmas”, opina a dra. Bhertha.

Proibida para menores

Mas tamanha preocupação com a beleza fez o governo do estado de Queensland, na Austrália, começar a discutir a criação de uma lei que estabelecesse a idade mínima de 18 anos para colocar prótese de silicone, fazer lipoaspiração e aplicar Botox. Exageros à parte, mais do que definir a hora certa de recorrer ao poder da toxina, o importante é cada mulher ter bom senso para analisar se precisa mesmo.

Sem rugas de preocupação

Seu botox ficou diferente do da sua amiga? Sorte sua. Isso é sinal de que o médico respeitou suas necessidades e não apostou em uma aplicação standard. “Algumas mulheres têm pés de galinha; outras, vincos entre as sobrancelhas”, explica o dermatologista João Carlos Pereira, de São José do Rio Preto (SP). “Cada uma vai receber o Botox na região em que mais precisa, além de uma dose diferente.” A duração do efeito também pode variar. “Quanto mais forte a musculatura a ser tratada, menos tempo a toxina ficará atuando”, diz a dermatologista Karla Assed, do Rio de Janeiro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s