Conheça as diferenças entre 4 métodos depilatórios

Camila Torali, consultora da rede D´Pil Brasil, explica em tópicos os prós e contras de cada tratamento: fotodepilação, depilação a laser, com cera e com lâmina.

 

1. Fotodepilação

  • Como funciona: a emissão de luz intensa pulsada, conhecida como IPL, age na melanina do pelo, destruindo, com o calor, as células que o produz. Isso porque a luz atinge a segunda camada da pele, a derme, onde estão os folículos pilosos e as células germinativas.
  • Tempo de duração: considerado um tratamento duradouro e eficiente, mas pode variar de acordo com a fisiologia de cada pessoa.
  • Manutenção: após finalizado o tratamento, são necessárias apenas sessões esporádicas – de duas a três vezes ao ano, dependendo da fisiologia da pessoa.
  • Riscos: é uma tecnologia que não agride a pele, porém pode gerar efeitos colaterais transitórios e reversíveis.
  • Dor: praticamente indolor.
  • Precauções: a pele não pode estar bronzeada e deverá ser hidratada durante todo o tratamento.
  • Preços: em média R$ 60 por área/sessão.

2. Depilação a laser

  • Como funciona: o calor do laser age na derme, a segunda camada da pele, destruindo os folículos pilosos e as células germinativas. 
  • Tempo de duração: tratamento duradouro, mas pode variar de acordo com a fisiologia de cada pessoa.
  • Manutenção: após finalizado o tratamento, são necessárias apenas duas a três sessões de manutenção por ano, dependendo da fisiologia da pessoa.
  • Riscos: podem ocorrer manchas, dor, vermelhidão, irritação, formação de pequenas feridas na pele e até queimaduras.
  • Dor: sensação de fisgada, queimação e dor.
  • Precauções: a pele não pode estar bronzeada e deverá ser hidratada durante todo o tratamento.
  • Preços: em média R$ 250 por sessão, podendo variar de acordo com a área do corpo a ser depilada.

3. Depilação com cera

  • Como funciona: aplicação da cera, quente ou fria, diretamente na pele, o que remove os pelos somente pela raiz, não eliminando as células germativas. Há diversos tipos de ceras e métodos de aplicação.
  • Tempo de duração: método contínuo, no qual se retiram os pelos pela raiz, mas as células germinativas continuam produzindo pelos.
  • Manutenção: após 20 dias os pelos voltam a aparecer.
  • Riscos: manchas, escurecimento da pele e encravamento dos pelos.
  • Dor: é o método mais doloroso, sendo que a aplicação de cera quente dói menos que a fria.
  • Precauções: evitar exposição ao sol 48 horas antes e 78 horas após a depilação.
  • Preços: depende da região do corpo a ser depilada e do tipo de cera utilizada.

4. Depilação com lâmina

  • Como funciona: é preciso molhar a pele com água morna, aplicar um gel para depilação ou sabonete, que ajuda a manter a umidade da pele, e, em seguida, passar uma lâmina nova para cortar os pelos.
  • Tempo de duração: método contínuo, pois apenas se aparam os pelos.
  • Manutenção: após dois dias os pelos voltam a aparecer.
  • Riscos: pode causar alergias na pele e encravamento dos pelos.
  • Dor: costuma ser indolor, mas é preciso ter cuidado para não se cortar.
  • Precauções: a pele não pode estar seca e o ideal é descartar a lâmina a cada aplicação para evitar infecção.
  • Preços: depende da lâmina escolhida.
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s