Clube do livro COSMO: inspire-se com #GirlBoss de Sophia Amoruso

A série baseada na publicação estreia hoje (21/4) na Netflix é a biografia com o melhor toque de autoajuda que você respeita.

Pausa para descobrir seu próximo livro e série preferida. O assunto dessa coluna continua sendo literatura, mas dessa vez esse universo vai colidir com o do entretenimento e causar uma explosão de sucesso. Estreia hoje na Netflix a série GirlBoss, que conta a história de Sophia Amoruso, a CEO e fundadora do site Nasty Gal. A produção é inspirada no livro autobiográfico escrito pela empreendedora há 2 anos — que você precisa ler!

Aliás, falar que o livro é só autobiográfico é muito raso. É uma mistura de biografia, com autoajuda (da melhor qualidade, tá? Sem aqueles mantras que a gente não vai conseguir seguir, mas com dicas na real e sem frescura), com comédia e com lições de vida preciosas. Apesar de ela narrar a trajetória de sucesso de seu negócio, Sophia também conta sobre a sua vida. Então, dá até para aprender algumas coisas sobre relacionamentos. Ela cita uma fase em que ficou obcecada pela ex do namorado e só falava dela. Até que o cara perguntou porque ela fazia aquilo. Ele não lembrava mais de ex, não pensava, não queria saber da vida dela e toda hora a Sophia tocava no nome da mulher. Lição aprendida.

Eu leio quase tudo em formato digital e nesse livro fiquei dando print das páginas loucamente — ou usando aquele marcador que o Kindle tem. Ela fala muitas coisas boas! Separei dois trechos que eu achei incríveis: “Você tem que dar as caras e arrebentar. Se esse é o mundo dos homens, quem se importa? Ainda assim, sou muito feliz de ser uma garota nesse mundo” e “Se você está frustrada porque não está conseguindo o que quer, pare por um segundo: você já pediu abertamente? Se ainda não pediu, pare de reclamar. Você não pode esperar que o mundo leia a sua mente. Você tem que expor o que quer e, às vezes, expor o que quer é simplesmente dizer: ‘Ei, você pode me dar isso?’”.

A determinação da Sophia é contagiante. E quando você junta essa vontade de fazer o negócio dar certo com o estilo de vida que ela levou por muito tempo (não darei spoilers) dá até aquele quentinho no coração de saber que, se a gente focar e tiver uma vontade louca, vai dar certo mesmo. Você não precisa ser a CEO de uma empresa que fatura 150 mil dólares por hora, pode ser bem-sucedida com o tamanho do negócio que quiser montar.

Se ficou interessada na série, assista ao trailer:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s