#ClubedoLivroCOSMO – Apaixone-se pelo quadrinho “Placas Tectônicas”

Você vai rir, se identificar e querer indicar para todas as amigas depois que terminar de ler.

Se é do tipo que só lia quadrinho na época da Turma da Mônica, tenho uma notícia: você vai voltar a se apaixonar por esse modelo de leitura. Como tudo relacionado ao universo geek está em alta ultimamente, o que faz com que as livrarias fiquem forradas de HQ de heróis (oba!), está cada vez mais fácil encontrar histórias ilustradas dos mais diversos assuntos. E é sobre isso a coluna dessa semana.

Sabe quando você chega em casa após um dia cansativo do trabalho e só quer relaxar a cabeça um pouco? Ler um graphic novel acompanhado de uma taça de vinho é tudo o que precisa. E se esse tal livro falar sobre situações cotidianas reais com um toque de humor, melhor ainda! Hora de colocar a desenhista e quadrinista, Margaux Motin, na sua lista de autoras preferidas. Em seu primeiro livro publicado no Brasil, Placas Tectônicas — que é em formato de HQ, ela retrata a vida de mulheres de trinta e poucos anos falando dos assuntos mais diversos como: maternidade, relacionamentos, trabalho, academia, fofoca com as amigas… Todas aquelas situações que a gente vive no dia a dia mesmo — e sem nenhum toque de romantismo. Vida real de verdade.

É literalmente apaixonante. Eu não sou mãe, mas dei risada com as situações sobre maternidade. Confesso que não sou exatamente ligada aos exercícios, mas quando surge uma cena onde a personagem faz bicicleta por dois minutos e meio e diz: “Nada como pequenas vitórias”, me identifico na hora! E quem nunca fez uma resolução de começar a passar creme antirrugas (estou nessa fase, confesso), de ir à academia duas vezes por semana? Ou teve vontade de deixar seu chefe falando com a caixa postal, pedindo um monte de ajustes no trabalho que você entregou, e dar um mergulho no mar? Isso tudo sem falar das cenas de conversas com as amigas regadas a taças de vinhos e brigas/amorzinho com o namorado. E, ah, em um dos quadrinhos o computador da personagem tem a Branca de Neve como estampa (eu amo a Disney!)! Eu poderia abraçar esse livro e nunca mais largar!

Se você ama os livros da Sophie Kinsella, autora da série Os Delírios de Consumo de Becky Bloom, Lauren Weisberger, a mente por trás de obras como O Diabo Veste Prada e À Caça de Harry Winston, Meg Cabot, que escreveu a série O Diário da Princesa e livros mais adultos como Tamanho 42 Não é Gorda e é apaixonada pela trama de Bridget Jones, de Helen Fielding, pode abrir a página de qualquer livraria e comprar já esse HQ. Prometo que não irá rolar aquele arrependimento depois.

Fim dos spoilers, estou nessa fase de quadrinhos ultimamente e já li outros vários — que vou mostrar para vocês no futuro. Por hora, ter Placas Tectônicas como leitura de cabeceira vale muito a pena.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s