Banho xamânico do Machu Picchu para trazer prosperidade

Da viagem a cidade cheia de história e energia, Márcia Fernandes trouxe na bagagem um ritual especial.

Machu Picchu, no Peru,  era uma cidade onde tinha sacerdotisas e sacerdotes, pessoas cheias de luz e espiritualistas. Uma cidade com seres intelectualizados e que trabalhava com cura. Lá, os xamãs tinham um papel importante na época e ainda tem. E há poucos no mundo. Afinal, para ser um não é fácil, a pessoa precisa ser escolhida.

Para ser um xamã é preciso que um raio caia na sua cabeça e que você fique desacordado, quase morto e retornar à vida depois de algumas. Neste estado de semi morte, é possível ter contato com os deuses, que vão dar o poder de cura. E uma vez por ano eles saem de suas aldeias e recebem pessoas com todos os tipos de doenças e fazem os rituais de cura para o povo.

Aqui, eu ensino um banho xamânico da Lua Cheia, para ter prosperidade em todos os níveis.

Você vai precisar de um punhado de boldo, de alecrim e de guinés. Macere tudo em dois litros de água. Deixe coberto com um pano branco durante 6 horas. Coe, aqueça e tome banho com a água, do pescoço para baixo. Durma com este banho.

Faça no primeiro dia da Lua Cheia.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s