Como procurar emprego na internet

Saiba o que fazer para conquistar uma vaga com a ajuda da web - tem até serviço grátis

Como procurar emprego na internet

Na internet há vagas para todos tipos de cargo e salários
Foto: Getty Images

Se você está desempregada, quer trocar de empresa ou luta para ingressar no mercado de trabalho, nem pense em ignorar as facilidades da rede para descolar uma vaga. Embora mecanismos tradicionais ainda funcionem, eles enfrentam agora séria concorrência — e no futuro serão superados. ”Não existe forma mais ágil de procurar emprego do que pela web”, acredita Leandro Idesis, diretor executivo da Manager Online, empresa de recursos humanos.

Na internet, são divulgadas diariamente 3 mil novas oportunidades, em média, para todos os tipos de cargo. Os salários variam de mil a 40 mil reais mensais, sendo que a maioria das ofertas fica na faixa de mil a 3 mil reais – isso porque, para posições de comando, a procura quase sempre se baseia em indicações. Áreas bem requisitadas? De informática, por razões óbvias, e comercial. Só no site da Manager há cerca de 40 mil vagas para funções como programador, analista de sistemas, representante de vendas, gerente comercial e de área financeira, e igual quantidade para outras. Por exemplo, secretária e assistente de marketing. Ficou animada?

A escolha do site

Entre os endereços especializados em cadastrar currículos, que também permitem a consulta de vagas, há alternativas gratuitas e pagas, sendo que alguns investem numa área específica, como o www.vendamais.com.br. No entanto, vale dizer que a oferta de vagas é maior nos pagos. ”Chega a ser 100 mil contra 2 mil”, afirma Daniela Schiano, gerente de RH da consultoria KPMG. Nem por isso você deve desprezar os isentos de custo. ”Não há nada a perder”, avalia Silvana Case, do Grupo Catho, de recolocação profissional. A designer Patrícia Machado, 34 anos, que perdeu o emprego este ano, sabe disso. ”Por estar apertada de grana, me inscrevi em vários sites gratuitos e em um pago e aguardo convites. A situação está tão difícil, não dá para desperdiçar a ajuda da internet.”

Para as empresas, também é uma mão na roda. ”Elas se cadastram conosco para divulgar, sem custo algum, suas vagas”, explica Leandro Idesis. ”Damos a elas uma caixa postal exclusiva, que recebe as mensagens dos candidatos e faz uma triagem eletrônica. Por exemplo, se o empregador precisa de uma secretária com passagem em multinacional, o sistema vai fazer uma varredura nos currículos enviados e manter na caixa apenas os que mencionam esse item.”

Outra opção para você é entrar no endereço virtual das empresas, como Alcoa, Sadia, Itaú. Clique no ícone ”Trabalhe Conosco” ou algo semelhante e envie seus dados para o RH. ”O método tradicional, descobrir o endereço das firmas e enviar currículo pelo correio, não estava dando em nada”, relata Sandra Francisco, 20 anos, estudante de análise de sistemas. ”Pus meus dados nos sites das empresas e em alguns de emprego, e em três meses consegui um estágio, depois de analisar umas dez propostas.”

Procuram-se candidatos ponto.com

Para as empresas, é mais fácil achar o candidato ideal no banco virtual que numa montanha de papéis, e para você é mais simples pôr as informações na rede que enviá-las pelo correio. ”As partes interessadas se encontram no menor tempo e com o menor custo possível”, afirma Marcelo Abrileri, presidente da Curriculum Tecnologia, que tem site com o mesmo nome. ”É possível mandar o currículo para 50 locais diferentes sem gastar com envelopes e postagem.” Há alguns meses, a Credicard fez seu processo de seleção de trainees com o suporte da Curriculum. ”Cerca de 15 mil candidatos preencheram um questionário pelo computador e fomos fazendo a triagem virtualmente até chegar aos 120 que participaram de um laboratório de competências”, conta Marilene Corona, gerente de RH da companhia de cartões de crédito. ”Contratamos 26 trainees, o dobro das vagas anunciadas.” Outras vantagens de usar a internet para achar emprego:

. Mostra que você é moderna
”Explorar essa ferramenta é um diferencial”, diz Leandro Idesis.

. Faz com que as empresas venham até você
Companhias que você desconhecia, de outra cidade, estado ou até país, podem lhe acenar com ofertas.

. A web agiliza a procura e o retorno
Não é preciso esperar o domingo para sair à caça de sua chance de ouro: você pode fazer isso a qualquer hora. Além disso, é avisada, por e-mail, quando surgem vagas adequadas ao seu perfil.

. Você pode usufruir serviços extras
Esses portais são uma fonte constante de informação, com artigos, plantão de dúvidas, testes, agenda de palestras.

Agora, nem tudo são flores no jardim virtual de empregos. O lado negativo, de acordo com Silvana Case, é o risco de pessoas se apropriarem dos seus dados para enviar mala-direta e oferecer mercadorias ou vagas de vendedor autônomo. ”Por isso, não vá para a entrevista sem checar antes, por telefone ou e-mail, o tipo de negócio”, aconselha.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s