Meditação para todos

O líder budista americano Jeffrey Miller descobriu a técnica de meditação que cabe direitinho no seu cotidiano. Vamos tentar?

Com o  guia de meditação do budista Jeffrey Millher todos podem meditar
Foto: Getty Images

Antes de começar, encha seu coração de fé e acredite que toda dificuldade é passageira e transiitória. “Quando temos fé, estamos mais abertos a dançar com ela, seja qual for a forma em que ela se apresente. Esse tipo de fé traz mais alegria e entrosamento e menos medo, quando pensamos no que o futuro trará. Permite-nos experimentar mais espanto diante dos mistérios da vida e menos preocupação”.

Falando em menos preocupação, o escritor toca numa questão importantíssima: o cultivo da autenticidade pessoal. “Todos poderíamos nos dar ao luxo de ser um pouco mais genuínos, um pouco mais autênticos. Por que precisamos envelhecer para compreender quanta alegria há em fazer coisas simples que exprimam e abarquem nossa alegria e nossa bondade essenciais?”. Por isso, a pergunta “Quem sou?” é fundamental. Passamos a vida fazendo essa pergunta tantas vezes e de tantas formas, à procura da melhor resposta, procurando nossa verdadeira identidade. A meditação pode colaborar, pois sua finalidade é ajudar a nos conectar com a realidade e a verdade.

Aprender a amar é a meta da vida espiritual. Mas a sua bondade inata – aquela que ajuda você a amar melhor – precisa ser cultivada. Toda vez que meditamos, rezamos ou fazemos leituras espirituais, sintonizamos com o sagrado. “Através da meditação, conseguimos descobrir o que realmente é importante para nós”, garante. Segundo o autor, a prática constante ajuda a livrar a mente da desordem e nos torna conscientes dos recursos interiores.

Os 6 passos da meditação

1. Sente-se numa almofada ou num tapete com as pernas cruzadas. Caso não ache confortável essa posição, vá para uma cadeira ou para o sofá.

2. Mantenha a coluna o mais ereta possível. Relaxe. Não se incline; a cabeça e o pescoço devem estar centralizados. Deixe que seus ombros caiam naturalmente. Ponha as mãos confortavelmente sobre o colo ou sobre os joelhos.

3. Mantenha os olhos como preferir. A maioria das pessoas prefere começar com eles fechados.

4. Inspire e expire pelas narinas. Ao fazê-lo, concentre-se na sensação física do ar entrando e saindo serenamente de seus pulmões.

5. Permaneça descontraída. Mantenha o corpo tranquilo e a respiração calma, natural e branda. Deixe que tudo se acomode à sua própria maneira, em seu próprio lugar, em seu momento certo. Permaneça no presente, no sagrado agora.

6. Sempre que ocorrer algum pensamento, sensação, percepção ou recordação, deixe que vá embora. Concentre-se na respiração. Faça o mesmo com todos os outros tipos de distração. Se ouvir algum barulho ou vir algum movimento, não preste atenção. Apenas permaneça concentrada. Quando a mente se desviar, traga-a de volta ao objeto de sua atenção, ou seja, a respiração pelas narinas.

3 dúvidas essenciais

Tem local especial para meditar?Não se trata de restringir ou limitar um território espiritual. Para começar, pense no tipo de ambiente que a deixa mais à vontade. A verdade é que esse lugar se encontra dentro da sua própria mente. Aprenda a chegar lá, decore a posição das placas que indicam o caminho. Se agir assim, encontrará o seu próprio espaço contemplativo sempre que quiser um refúgio para ajudá-la a se recordar do que realmente importa.

E existe horário ideal?A resposta é sim e não. “Quando praticamos essa técnica todos os dias na mesma hora, desenvolvemos disciplina e continuidade”, ressalta. Mas isso não deve impedi-la de tentar em outras ocasiões.  É como um exercício físico – só faz efeito se realizado regularmente.

Precisamos de roupas específicas?A resposta é novamente sim e não. Mas prefira roupas leves e confortáveis.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s