Orações poderosas para afastar aquele boy lixo

Além da oração, há banhos que você pode fazer também. A sensitiva Márcia Fernandes ensina.

Muitos casais vivem como cão e gato. Parece emocionante, já que o romance está sempre em ponto de fervura. Mas, na verdade, essa convivência conflituosa faz muito mal ao espírito. Um casal em guerra deixa a aura aberta e o padrão vibratório lá embaixo. Resultado: vira alvo fácil para encostos e magias. Existe ainda o risco real de as discussões cada vez mais acaloradas resultarem em agressão física e até crime passional. Ou seja, as duas vidas ficam no limite entre a emoção e a tragédia, entre o prazer da vida e uma possível morte causadora de carma.

Caso viva um relacionamento assim, e esteja decidida a acabar com essa obsessão desgastante e perigosa, comece orando todos os dias o Salmo 39 – há nele mensagens poderosas de proteção e livramento. Pare de pensar ‘somos um só e devemos sofrer juntos para sempre’. Nem o mais unido e pacífico casal se funde numa única pessoa. Somos seres individuais, cada um com sua missão particular na Terra.

Faça o Ritual de Despolarização para distanciar sua alma machucada da presença negativa do homem que a faz sofrer. Em uma sexta-feira, acenda uma vela branca para o seu anjo da guarda. Coloque um copo com água do lado direito e ore com fé o ‘Pai Nosso’.

Para o banho, junte em dois litros de água: 36 pétalas e espinhos de rosas brancas, 36 pétalas e espinhos de rosas amarelas, 36 pétalas e espinhos de rosas vermelhas e 36 cravos da Índia. Leve ao fogo e, quando começar a ferver, aguarde três minutos. Desligue, deixe amornar e despeje o líquido da cabeça para baixo (cuidado para não se ferir com os espinhos). Não enxágue, apenas enxugue a pele com delicadeza. Amarre um lenço na cabeça e vá dormir. Na manhã seguinte, recolha as pétalas, os espinhos e os cravos da Índia e jogue tudo em um jardim.

Não tenha medo de romper um namoro ou casamento abusivo por causa da perspectiva da solidão. Melhor ficar sozinha, em paz, do que padecer num inferno a dois.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s