Saiba se ovário policístico tem cura e quais são os tratamentos

Carolina Ambrogini, ginecologista e sexóloga da Universidade Federal de São Paulo, responde às suas dúvidas sobre sexo e saúde

A síndrome dos ovários policísticos (SOP) é um distúrbio hormonal relativamente frequente nas mulheres em idade reprodutiva. Ele é caracterizado pela presença de sintomas como acne, aumento de pelos e dos níveis de testosterona e/ou a ausência de ovulação, o que gera ciclos menstruais irregulares.

A simples presença de cistos no ovário não significa que a mulher tenha a síndrome. O tratamento controla os sintomas, mas é difícil falar em cura. Muitas vezes, pode acontecer quando a mulher emagrece, já que a SOP é altamente influenciada pela resistência à insulina, condição causada pelo excesso de peso.

Por isso, nesse caso, evitar os quilos a mais é importante. Realizar atividades físicas regulares é fundamental. Essa atitude funciona como um tratamento não medicamentoso. Se a síndrome não for controlada dessa forma, podem ser usados remédios que ajudam a abaixar a insulina ou pílulas anticoncepcionais para as mulheres que também desejam um método contraceptivo.

Para as que querem engravidar, muitas vezes a ovulação precisa ser estimulada por medicamentos para acontecer uma gestação.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s