Guia completo pra arrasar na rapidinha e ter muito prazer

A rapidinha não precisa ser sinônimo de um sexo morno, sem sal e, pior, sem prazer. Nós te mostramos como.

Quando falamos de sexo, na maioria das vezes pressa e agilidade não são ideias muito apreciadas, afinal uma transa longa e bem-feita é o que todo mundo busca na cama. Mas e se a gente te dissesse que dá para ter (muito) prazer em cinco minutinhos de pegação intensa? O conceito de rapidinha pode até chegar com uma velocidade que não agrada. Entretanto, a prática reúne alguns pontos bem positivos: quebra da rotina, adrenalina e intensidade. “É uma ótima maneira de manter a libido em alta e as fantasias a mil, além de ser uma opção para quem tem filhos pequenos ou mora na casa dos pais”, diz Fernanda Pauliv, de Curitiba, palestrante de sensualidade para mulheres e autora do e-book Drops de Pimenta.

Também aquece o relacionamento, já que é uma forma de mostrar ao parceiro que o prazer não pode esperar. “A maioria dos casais é adepta da rapidinha no início do relacionamento, mas eu acho que elas nunca devem ser deixadas de lado”, diz. A receita para a rapidinha perfeita? “Não existe hora ou lugar certo, o que torna o sexo rápido ainda mais excitante é exatamente a falta de planejamento”, comentam Sandra Duarte e Adriana Rampazzo, sócias da butique erótica Just Lust Concept XShop, em São Paulo. Vamos aos finalmentes?

Rapidinha enquanto…

…O jantar está no fogo

Situação: Vocês combinam uma noite cheia de romance, jantar na sua casa e, enquanto esperam o prato ficar pronto, resolvem esquentar o clima.

O que fazer: Apoie as duas mãos na pia, empinando levemente o bumbum. O gato deve chegar por trás de você, encaixando o quadril no seu. Durante a penetração, o boy pode usar a mão para estimular seu clitóris. Os dois poderão ficar de olho na comida e deixar que o incêndio aconteça apenas entre vocês.

O táxi não chega

Situação: O dia está chuvoso, frio, chamar um táxi é quase uma missão impossível e, ao olhar no app, vocês têm exatos dez minutos até o motorista chegar. Em vez de pegar mais um casaco, por que não usarem os corpos para se esquentar?

O que fazer: Peça para o boy sentar-se no sofá e, rapidamente, abra a calça dele. Tirando apenas a quantidade de roupa suficiente para brincar, posicione- se no colo dele e envolva as pernas ao redor do corpo do gato. Comande a penetração controlando a velocidade e a profundidade da forma que excitar ainda mais os dois. Abra um pouco a blusa para que ele possa estimular seus seios. Na hora em que o carro chegar, vocês já terão chegado lá também.

…Algum dos dois está no banho matinal

Situação: Antes do trabalho, o gato vai para o chuveiro e você fica na cama. Que tal colaborar com a campanha mundial de economia de água com um banho a dois?

O que fazer: Entre no box sem dizer nada. Você vai surpreendê-lo e começar a ensaboar o corpo dele. Depois ele faz o mesmo em você. Na hora do enxágue, o ponto máximo do prazer. Encoste com firmeza na parede mais próxima do chuveiro, enrosque uma de suas pernas na cintura do boy, deixando o caminho livre para que ele te penetre com intensidade. Mas lembre-se: o segredo é ser rápido e terminar assim que estiverem satisfeitos e cheirosos.

…Vocês estão na praia

Situação: A praia está completamente vazia e o mar e a areia estão ali só para vocês. Os corpos expostos deixam os dois excitados — e a pouca roupa só facilita o que está por vir.

O que fazer: Estendam uma toalha ou canga na areia, certifiquem-se de que ninguém está mesmo por perto. Hora de começar! O boy deve deitar e deixar as pernas flexionadas, você se posiciona por cima dele, iniciando a penetração, usando as coxas do gato como encosto na hora H. A melhor coisa dessa posição é que tanto um quanto o outro podem controlar a intensidade do movimento. E, claro, tem o banho de mar para refrescar após a rapidinha.

…O elevador está parado

Situação: Como em um filme, vocês estão tentando chegar até o apartamento, mas o elevador para — por causa de chuva, pane elétrica… O ambiente escuro e sem ninguém por perto é propício para carícias calientes.

O que fazer: Como o tempo em que vocês ficarão presos ali é indeterminado, intensidade é a palavra-chave. Fique de costas para o boy e apoie uma das pernas nas paredes do elevador. Assim que ele se posicionar atrás de você, peça para o gato segurar a sua coxa para cima e iniciar a penetração. Use a sua mão para explorar o corpo dele, e vice-versa. Quando a energia voltar, a de vocês estará terminada! Dica importantíssima: localizem a câmera do elevador e tapem com alguma peça de roupa.

…Vocês estão a caminho de uma festa

Situação: Os dois estão prontos para curtir uma noite com os amigos, mas o clima esquenta — surpresa! — no carro e vocês precisam parar para acalmar os ânimos.

O que fazer: Procurem um lugar afastado e sem muito movimento e, depois, você já pode pular para o colo do gato — que deve estar com a calça aberta. Posicione-se em cima dele e iniciem a penetração. Peça para o boy colocar as mãos no seu quadril e te auxiliar no movimento. Podem ficar tranquilos, afinal ninguém gosta de um arroz de festa, e o atraso será mínimo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s