Leia um trecho erótico de “Até Pôr os Olhos Nela”

Leia um pouco desse livro e deixe sua noite mais quente

“— Você pode me explicar o que foi aquela cena que aconteceu no campo? — pergunto tentando manter a calma.

Ele me ignora.

— Luke! — grito sem paciência.

— Você não deveria estar aqui — é tudo o que ele diz.

Cada vez mais a minha raiva aumenta.

— Eu te fiz uma pergunta — falo entre os dentes.

— Eu ouvi a droga da sua pergunta e não estou a fim de conversar! Dá para você me deixar em paz?! — ele grita com raiva, virando-se.

Se ele pensa que gritar comigo vai me fazer ir embora, está muito enganado.  Encaro-o, cruzando os braços.

Permanecemos assim, um encarando o outro. Nenhum dos dois diz nenhuma palavra e não mexe um músculo sequer. Até que o seu olhar começa a amolecer. Quando menos espero sou puxada contra o seu corpo, e ele me abraça. Minhas roupas ficam encharcadas pela água que escorre pelos nossos corpos, e eu consigo sentir a sua excitação. Passo o meu braço ao redor do seu pescoço e trocamos olhares. A sua boca ataca a minha, beijando-me com urgência e necessidade.

Suas mãos vão parar na minha bunda, em seguida ele me suspende no ar. Enrolo as minhas pernas ao redor da sua cintura e gemo em sua boca quando sinto o contato do seu pau duro com a minha boceta, que pulsa de necessidade, querendo tê-lo dentro de mim.

Sou imprensada por ele contra a parede, e fazemos malabarismo ao arrancar as roupas que estou vestindo até que eu esteja completamente nua. Não existe nada, nem ninguém, tudo ao nosso redor é esquecido e só existimos eu e ele neste vestiário.

Luke enterra sua boca em meu pescoço, e eu estremeço quando sua língua traça a ponta da minha orelha. A sua mão desliza pela minha coxa, seus dedos começam a esfregar meu clitóris, e eu sussurro seu nome em um gemido rouco e baixo.

Minhas mãos agarram seus bíceps para evitar que eu caia. Meu corpo está mole como gelatina, e eu não tenho forças o suficiente para me manter.

Luke inclina a cabeça e toma um seio em sua boca quente. Mordisca-o e o lambe enquanto aumenta os movimentos dos seus dedos na abertura da minha b*****, embora sem entrar nela.

— Luke, eu quero você — murmuro entre gemidos.

— Me diz o que você quer de mim — ele pede, provocando-me.

Olho dentro dos seus olhos quando digo, desesperada, enfatizando a última palavra:

— Eu quero o seu p** dentro de mim AGORA!

— Como você quiser, Pentelha — ele diz, e seus olhos brilham de desejo.

Desliza seu p** na minha entrada, e o fato de estarmos molhados o ajuda a penetrar todo seu comprimento em meu interior sem nenhum problema. Agarro seus ombros, cravando as minhas unhas em sua pele quando ele começa a se mover. Seus movimentos são precisos e acelerados, fazendo com que as minhas costas se choquem contra os azulejos da parede. Não existe tempo para fazermos devagar. Luke McNally me f*** duro e impiedosamente contra a parede, e eu não reclamo, pelo contrário, sou grata por isso. Ele me leva da terra ao céu em questão de minutos.

Sinto o orgasmo se construindo e gozo gritando o nome do Luke como uma prece. Algumas estocadas a mais e o Luke também goza. Sinto os jatos quentes dentro de mim e me agarro a ele. Após alcançarmos o clímax, permanecemos parados, ainda unidos. Ele enterra a cabeça na curva do meu pescoço e aspira meu cheiro. Desenrolo as minhas pernas da sua cintura, e ele me põe no chão. Seguro o seu rosto, obrigando-o a me olhar nos olhos. “

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s