O que acontece quando um cara manda a foto do pênis para o seu celular

Tem muita mulher recebendo uma selfie da zona P de boy aleatório. Isso mesmo, alguns homens acham sexy mandar "autorretratos" das partes íntimas. Para você não se assustar, te mostramos os estágios emocionais de receber essas fotinhos e o que você pode fazer diante da tal imagem.

 

1. Fica sem reação, claro

Dia desses, a educadora física Mariana*, 21 anos, recebeu uma imagem que não esperava em seu celular. Foi de um gatinho da escola de dança com quem ficava de vez em quando. Ela e o boy estavam trocando mensagens quando, de repente, rolou um “algo mais”: “O cara mandou uma mensagem dizendo que era para eu sonhar com ele e se lembrar dele ‘desta forma’. Em seguida, enviou a foto do pênis dele! A conversa nem estava nesse nível. Fiquei completamente sem reação”. Mas Mariana achou graça e até se interessou por essa forma de paquera, mas não o suficiente para retribuir. “Não confiei em mandar uma foto minha e ter certeza de que ele não enviaria para ninguém”, diz. Conclusão: se você nem beijou o cara, não rolou pegação, muito menos uma relação, não, né? Nada a ver e você tem toda ração em ficar paralisada diante dele.

2. Você comenta com a amigas e vê que tem muito cara fazendo isso

A”nude selfie” está bombando. Pode perguntar às suas amigas: a probabilidade de alguma delas já ter recebido uma foto bem íntima do boy do momento – via WhatsApp, o Messenger do Facebook ou o Skype – é grande. Segundo uma pesquisa feita em 2013 pela ONG Safernet Brasil, entidade que monitora a internet no país, 20% dos quase 3 mil entrevistados já receberam esse tipo de conteúdo – e 6% retribuíram.

3. Se questiona se gostaria de participar desse jogo

Pera lá. Trocar mensagens sensuais pode ser excitante. Mas quando já rolam certa confiança e abertura para isso, né? Se a iniciativa parte totalmente do moço, ele está deixando claros dois pontos: “Primeiro que, pela lei da reciprocidade, espera fotos sensuais suas também. E segundo que não quer perder muito tempo com conversa, jantar, cinema”, diz o especialista em relacionamentos Eduardo Santorini, autor do livro Código da Atração. O radialista Daniel*, 25 anos, confirma: “A probabilidade é quase total de que ele vai te pedir imagens íntimas e no fundo só quer sexo. Confiança se demonstra de outras maneiras”. Aí cabe a você decidir se quer entrar na brincadeira ou não.

4. E começa a ter critérios com relação a isso

Num primeiro momento, especialmente se você é do tipo romântica e curtiu o cara, vem não só a sensação de constrangimento e surpresa mas também a de frustração. Nesses casos, vale analisar em que contexto as imagens foram enviadas. Se na balada ou nas primeiras mensagens você já deu a entender que rolaria uma transa, o boy pode ter achado que esse era o seu objetivo e se empolgou – um pouco demais – para entrar no clima. Então, antes de deletar o contato, que tal dar uma lida no histórico e tentar lembrar se aquelas duas caipirinhas a mais não te deixaram com a língua solta? Bom, aí não custa esclarecer o mal-entendido com uma mensagem do tipo “Hum… interessante, mas acho que ainda não é hora. Que tal voltarmos um pouco?” Se o cara for bacana, vai se tocar e mudar de postura.

5. Aprende a melhor maneira de reagir

Na dúvida sobre como reagir ao receber uma foto “indecente” de um peguete, levar com bom humor é sempre a saída menos traumática para todos. A administradora de empresas Renata*, 38 anos, conheceu um gatinho descuidado pelo Tinder: “Ainda estávamos nas perguntas básicas do tipo `de onde é, o que faz¿ e ele disse que mandaria fotos para conhecê-lo melhor. De repente, dei de cara com o pênis do moço! Comecei a rir porque ele fazia mil poses, caras e bocas!” Ou seja, não precisa brigar e dar barraco porque o cara fez isso. Só explicar se é a sua ou não.

6. Talvez passe a achar que tem um lado sexy nisso tudo

Perceber que é desejada de uma forma tão direta pode ser seu fetiche, e não há nenhum mal em dar um up no ego. Só não vale fazer disso uma ilusão. “Não adianta achar que uma relação que começa assim terá outro fim que não o sexo. Se o homem deixou claro que é isso o que tem a oferecer, não espere mudá-lo”, diz a coach de relacionamentos Margareth Signorelli, de São Paulo. Mas quem disse que não dá pra se divertir?

Mas antes de embarcar nesse jogo, veja algumas dicas de autopreservação

Jennifer Lawrence e Carolina Dieckmann são a prova de que ninguém está livre de ter suas imagens íntimas vazadas na internet. Para evitar isso, use táticas para que as fotos não possam ser identificadas, como esconder o rosto e detalhes, tipo tatuagens ou cicatrizes. “A prática não é crime, desde que haja o consentimento de todos os envolvidos”, diz a advogada Caroline Lira, especialista em crimes cibernéticos. Já a divulgação desse material pode, sim, resultar em responsabilidade criminal. Se isso acontecer, procure uma delegacia e registre um boletim de ocorrência. Existem aplicativos, como o Keep Safe, que protegem com senha fotos que você não quer deixar à vista. Mesmo assim, uma vez na internet, é quase impossível eliminar totalmente a informação da rede. Mais importante do que o filtro da foto é avaliar bem os riscos!

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s