11 sex toys testados pela redação de COSMO

A gente jura que é trabalho, viu?! — e agora, cansadas e felizes, mostramos quais lançamentos merecem seu investimento.

Entenda as legendas:

Para casais

Emoji

 (Reprodução/)

“Vibradores podem assustar homens mais caretas. Por isso, escolha bem”, diz a sexóloga do site de encontros C-date Carla Cecarello, de São Paulo. Os brinquedos com controle remoto podem ser uma boa, já que deixam o boy se sentindo mais na responsabilidade.


Iniciantes

Emoji

Normalmente, é mais comum para quem está começando a ter orgasmo pela estimulação do clitóris. Então opte por brinquedos que explorem essa região. “Brinquedos com velocidades podem ser legais e já te permitem fazer alguns exercícios para perceber o pulsar da vagina”, afirma Carla.

 

Intermediário

Emoji

 (Reprodução/)

“Uma boa para quem está no meio do caminho é testar algo diferente do que já havia testado. Os vibradores de estimulação clitoriana e ao mesmo tempo com penetração são bem interessantes”, diz a sexóloga.

 

Avançado

Emoji

 (Reprodução/)

Os brinquedos de penetração com dife- rentes velocidades e intensidades são perfeitos para quem já usa sex toys há algum tempo. “Hoje temos acessórios eróticos de todos os tipos. O importante é continuar pro- curando”, diz Carla.

 

Revolucionário

Emoji

 (Reprodução/)

Tudo de mais diferente e inovador no mercado entra nessa categoria — e, como disse a sexóloga, a gente encontra tanta variedade que um deles com certeza vai te agradar.

 

Discreto

Emoji

 (Reprodução/)

Os brinquedos que têm um design que chamam a atenção na loja não só pela sua potência, mas também por seu formato e por muitas vezes não parecer um brinquedo erótico, podem ser ótimos para tentar com o boy, já que não assustam logo de primeira!

 

Os brinquedinhos testados pela redação COSMO

Sex toys testados pela redação de Cosmo

 (Stills/)

 

1. Rave, We Vibe, R$ 1 164*

“Ele tem uma textura muito boa, macia… e o melhor: tamanho e grossura perfeitos. As duas primeiras velocidades já dão conta, mas, se ama intensidade na penetração, este é o toy pra você! Também tem variações de vibração que mudam o ritmo. Ele é muito bonito, acho que isso dá ainda mais vontade de usar — tem design moderno e superchique.”


2. Stronic Drei, Fun Factory, R$ 1 300*

“Este toy não é um vibrador, e sim um pulsador, que imita o movimento para a frente e para trás do sexo. Pode ser usado tanto na vagina como no ânus. Só testei na vagina, mas percebi que ele é realmente potente. E grande! Tem uma anatomia que atinge o ponto G — além disso, é texturizado. Tantos benefícios vêm com só um ônus: é pesado. Mas na hora nem senti, só deixei o prazer me guiar.”


3. Lady Bi, Fun Factory, R$ 830*

“Todos os toys da Fun Factory são lindos e divertidos! Este não é diferente. Tem um tamanho ideal para quem gosta de pênis grande e é perfeito para chegar lá sem muito esforço. A textura é supermacia. As intensidades da vibração são separadas e podem ativar só a penetração ou só a estimulação clitoniana, por isso é um brinquedo que se adapta à sua vontade do dia.”


4. Amorino, Fun Factory, R$ 600*

“O que este brinquedo tem de mais especial é o elástico. Ele dá uma sensação extra de prazer, já que a vibração se estende por todo o produto e alcança vários lugares da vagina. Pode usar sem medo — não ‘estilinga’ nem solta. Minha única crítica: achei pequeno demais e demorei um pouco para achar a posição ideal de encaixe no clitóris durante a penetração. Um pequeno esforço, mas que vale.”


5. Hula Beads, Lelo, R$ 1 222*

“Ele é bem delicadinho e não parece um pênis, o que é bom, já que não curto os muito fálicos. O tamanho e o formato são ideais para encaixar no clitóris. As velocidades são mais básicas, para quem está começando mesmo. Como tem controle remoto, é ótimo para usar no esquenta com o boy antes da transa ou em um date que já sabe como vai acabar. Ele faz movimentos de rotação inusitados, como se fosse uma cobrinha. É lindo e o formato, bem legal.”

 

Sex toys testados pela redação de COSMO

 (Still/)

1. Emma Rabbit, Svakom, R$ 780*

“Este toy é bem diferente por uma simples razão: esquenta! O quentinho pode ser um bom aliado — no começo dá uma estranheza, que logo passa. A vibração é na medida certa, sem contar que é um clássico, o rabbit (sim, aquele que ficou famoso em Sex and the City), com um plus. Pode ser usado com ou sem a ponta, o que também é ótimo: é um toy 2 em 1.”


2. Moody, Fun Factory, R$ 720*

“Fácil de usar, já que a base é como se fosse um anel, que ajuda a segurar sem escorregar. O revestimento é bem macio e agradável, com um tamanho bom. O design é divertido e tem várias ondulações. Me lembrou um pouco o Chapéu Seletor do Harry Potter. [risos] Tem diferentes velocidades, que podem ser alternadas de um jeito fácil.”


3. Lucas, Svakom, R$ 600*

“Lucas é meu novo namorado, apenas. Parece que ele age como se fosse uma mão — ou uma língua — muito talentosa agindo no clitóris. Ah, a alegria e a velocidade do orgasmo! Ele tem um design superbonito e moderno, além da textura macia e da anatomia que se adapta ao corpo. Fiquei apegada, acho que não vou mais conseguir seguir minha vida sem ele.”


4. Liv 2, Lelo, R$ 889*

“Ele carrega muito rápido. Tirei da caixa, deixei dez minutinhos e já estava a todo vapor. Tem uma textura boa e, como a variação de velocidade é muito grande, é capaz de agradar todo tipo de mulher. Pa- ra mim, o tamanho é ótimo, mas, se a mulher gosta de pênis maiores e grossos, este não é o toy para ela.”


5. OM, Revel Body, R$ 499*

“Ele é superdiscreto e bonitinho — dá pra deixar tranquilamente em cima da mesa do seu quarto. Tem toda uma técnica para fazer com que atinja o lugar certo e assim dê muito prazer. Como é só para estimulação clitoriana, acho que pra quem está começando é perfeito, e até é uma boa para usar com o boy!”


6. Miss Bi, Fun Factory, R$ 780*

“Eu adorei, me fez chegar lá rapidinho! O tamanho é ótimo, e confesso que não sou muito dos brinquedos grandes, por isso me adaptei bem — se gosta dos maiores, dá uma olhada no Lady Bi, bem parecido, só que maior. O Miss Bi tem dois motores separados, um para o clitóris e outro para a penetração, o que te dá mais de 49 combinações de velocidade e ritmo diferentes. Por isso é legal testar com o parceiro, porque enquanto um se diverte o outro fica no controle, alternando as dezenas de velocidades.

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. paula siqueira campos

    Brinquedos eróticos sempre fazem bem para a relaçao e para a mulher sozinha. Todas nós temos que experimentar e encontrar o que gostamos mais. Eu sou casada, mas casamento diferente. Temos uma relaçao liberal. Eu nunca gostei que meus namorados se masturbassem e sempre fui mais dominadora. Quando casei logo descobri que a melhor receita era que meu marido usasse cinto de castidade, para não gozar sem minha permissão. E dai para eu transar com outros na frente dele, entre várias outras brincadeiras, foi um pulo. Tenho varios brinquedos para comer ele, porque fazemos inversão de papéis também. Temos um blog com vários capitulos contando nossas histórias. Quem quiser conhecer tudo é melhor começar pelo primeiro capitulo, que é o mais antigo do blog, de trás pra frente. E quem quiser trocar ideais pode me escrever. http://submissocornoecontrolado.blogspot.com.br

    Curtir