É tudo verdade: encontramos Jennifer Garner e, sim, ela gente como a gente!

Se você é apegada ao jeito divertido e espontâneo que a atriz mostra nas telonas, temos um bônus: ela é a melhor ao vivo!

No meu imaginário, Jennifer Garner ainda ocupa o lugar de Jenna, a irresistível personagem de De Repente 30, que trabalha, acidentalmente, em uma revista feminina e se diverte com um figurino que mistura referências dos anos 80 e 90. Pessoalmente descobri que aqueles olhos apertadinhos e a simpatia que a gente vê na TV são mesmo genuínos. Meu dia com Jennifer começou em uma manhã gostosa de outono em Los Angeles: garota-propaganda e estrela da nova campanha da Neutrogena em prol da valorização feminina, ela primeiro comandou um café sobre a história da marca, que jura usar desde adolescente. Durante a tarde, respondeu a perguntas de um grupo de jornalistas com dedicação e entusiasmos quase infantis- o que, vamos combinar, nem sempre acontece quando tratamos com celebridades mundialmente conhecidas e envolvidas em alguma polêmica, como andava rolando por causa do fim de seu casamento com o Ben Affleck.

Divulgação/Filme Divulgação/Filme “De Repente 30”

Divulgação/Filme “De Repente 30” (Reprodução/YouTube)

De verdade 
Ela já chegou usando um vestido nude curto e sem mangas, saltos da mesma cor, altíssimos, maquiagem natural e um cabelão escovado como manda o figurino hollywoodiano. Irônica, não demorou para avisar que se tem uma arteque não domina é a de se arrumar para eventos desse tipo. “Queria muito parecer adorável como você, mas se ninguém me disser que tal top combina com tal calça eu certamente vou fazer péssimas escolhas sozinha”, disse, rindo. “Não tenho um olho para isso e jamais terei. Não tenho ideia, por exemplo, como as mulheres conseguem fazer escova no próprio cabelo.”

Getty Images Getty Images

Getty Images (/)

Foco na missão
Nascida no Texas, Jennifer, hoje com 43 anos, é de uma família de classe média, foi estudar engenharia química e desistiu de ter a mesma profissão do pai para tentar a vida de atriz em Nova York. “Esse meu perfil talvez tenha me ajudado a não enlouquecer. Sinto, por exemplo, que estou mais velha, que meu corpo está diferente depois de ter tido três filhos, e claro, não posso negar que isso me afeta. Mas não por muito tempo, não posso ficar obcecada. Se eu não tivesse filhos e alguém me dissesse ‘Ok, vou lhe dar três crianças lindas e saudáveis, mas você tem que abrir mão do seu corpo em forma’, eu toparia sem pensar duas vezes”.

Foto: Reprodução/People Foto: Reprodução/People

Foto: Reprodução/People (/)

Sem neura
A aparente segurança, no entanto, veio à tona com o passar dos anos. ” O melhor conselho que posso dar é que temos que nos preocupar mais em nos sentirmos bem e confortáveis conosco- fatalmente isso se reflete na forma como as pessoas nos veem. Quando comecei a atuar queria que mudassem meus dentes, afinassem meu nariz…E isso não fazia parte do que sou. Quando somos jovens e inseguras,as pessoas realmente têm o poder de transformar o que você pensa sobre si mesma. E não há só uma forma de ser bonita.” Isso não significa que Jennifer não tenha uma bancada de creminhos faciais e não seja absolutamente cuidadosa com a pele. “Muita gente não quer passar filtro solar todos os dias, não quer se exercitar, parar de fumar ou beber. Só que cuidar do corpo e fazer escolhas saudáveis influencia diretamente na forma como vamos envelhecer. Precisamos fazer escolhas mais inteligentes a respeito disso tudo.”

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Sisterhood
“Não precisamos pegar tão pesado com nós mesmas. Somos peritas em julgar outras mulheres. O meu desejo é que todas acolhessem quem são hoje em vez de olharem pra trás pensando ‘Oh, eu estava tão bem quanto tinha 25 anos ‘ ou ‘Preciso perder 5 quilos’. Penso ‘Estou viva e feliz de estar aqui’. Eu sei, soa como uma loucura piegas, mas é realmente como me sinto.”

Jen, podemos continuar amigas?
 

*Vânia Goy viajou para Los Angeles a convite da Neutrogena

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s