Chloë Grace Moretz fala sobre combater a homofobia em seu novo filme

Atriz é protagonista do longa Miseducation of Cameron Post

Com apenas 21 anos de idade, Chloë Grace Moretz, interpreta uma das personagens mais difíceis de sua carreira. A atriz, que ganhou destaque ao estrelar no filme Hugo, em 2011, hoje interpreta Cameron, uma adolescente forçada a se internar em um centro de reorientação sexual após ter ser flagrada transando com uma menina no filme Miseducation of Cameron Post.

O filme já chegou no Festival de Tribeca premiado pelo festival de Sundance, e segue sendo aclamado por críticos de todos os países. A história se passa em 1993 e é baseada no livro de Emily Danforth.

Durante a estreia no festival, Chloë contou para a COSMO a importância do filme e desafio de interpretar Cameron.

O filme já chegou ao festival com um certo renome e muitos ingressos vendidos. Como você espera que o público interprete esta história?

Quero abrir os olhos das pessoas sobre o mal da terapia de reorientação sexual. Por isso, espero que o filme seja visto pelo maior número de pessoas. O fato de existir este tipo de terapia e centros mostra que não se trata de um problema arcaico, é atual e é uma briga que está acontecendo agora.

O que te motivou a participar deste projeto?

Quero me certificar que ninguém tenha que passar pelo o que Cameron passou. Mesmo que viaje de estado em estado todas as semanas para conseguir que o governo passe a proibição disso. Infelizmente esses centros não são banidos aqui nos Estados Unidos. O filme é informativo e este é um problema real.

Qual foi o maior desafio para interpretar essa personagem?

Eu diria que foi navegar as emoções dela, tentar ser Cameron e achar a sua perseverança. Porque houve momentos em que estava atuando, que eram tão pesados e escuros que queria me render a este lado mais triste da personagem. Mas o que acontece é que a Cameron é capaz de processar cada coisa horrível que é jogada nela. Ela encara de frente e deixa passar.

Que lições você leva do filme?

Eu realmente acho que aprendi muito sobre quem sou ao interpretar essa personagem e fazer parte deste filme.  Ver essa perseverança, força e coragem, foi algo extremamente interessante de trabalhar emocionalmente e descobrir como lidar com as minhas dificuldades.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s