Coluna do Papel Pop: os favoritos na corrida do Oscar

É no fim do ano que os melhores e mais importantes longas são exibidos no cinema e já tem produções para ficar de olho.

Melhor filme

A Forma da Água, novo do Guillermo del Toro. Ao que tudo indica, o diretor mexicano fez com que as suas famosas fábulas de monstros ficassem um pouco mais adultas porque nesse filme a ambientação é nos EUA, durante a Guerra Fria, por volta de 1962. A personagem interpretada por Sally Hawkins vive presa e isolada num laboratório secreto do governo até que sua colega, interpretada pela sempre impecável Octavia Spencer, descobre uma experiência secreta. Sim, tem bicho. Se é um filme do Del Toro, tem bicho. E agora também muitos prêmios. O filme ganhou as mais importantes indicações do Festival de Veneza, em setembro.

Three Billboards Outside Ebbing, Missouri (ainda sem título em português). O longa dirigido por Martin McDonagh, que fez o filme Sete Psicopatas e Um Shih Tzu, ganhou prêmio em um monte de festival de cinema. No de Toronto, no Canadá, por exemplo, foi a escolha do público de melhor filme, e em Veneza ganhou o de melhor roteiro (veja mais em Melhor Atriz).

 

Efeitos especiais

Star Wars: Os Últimos Jedi (com estreia prevista para 15 de dezembro). A talentosa Daisy Ridley, na pele de Rey, irá continuar sua jornada com Finn, Poe e Luke Skywalker no novo capítulo da saga criada por George Lucas. Ninguém viu o filme em nenhum lugar do mundo ainda. Mas já sabemos que podemos esperar por uma história épica, por algo gigante e cheio de efeitos especiais de cair o queixo e de roubar Oscar de outros filmes — em 2016, O Despertar da Força foi indicado a seis estatuetas. Você vai festejar no fim do ano? Eu vou pro cinema.

 

Melhor atriz

Frances McDormand: temos uma ótima atriz no papel principal de Three Billboards Outside Ebbing, Missouri. Uma mãe desesperada quando sua filha é assassinada. Ela começa a desafiar a polícia da cidade porque eles não conseguem encontrar o culpado pela morte. Dizem que é uma comédia/drama bem pesada e sombria. Estou doido pra ver.

Judi Dench: a dama do teatro britânico também está dando o que falar ao viver a rainha Vitória no filme de Stephen Frears, Victoria e Abdul — O Confidente da Rainha. Outra boa aposta.

 

Melhor ator

Gary Oldman está irreconhecível e fazendo um belo trabalho em O Destino de uma Nação ao interpretar Winston Churchill. Vale uma indicação de melhor ator. Ele vive o líder britânico nos primeiros dias de governo e enfrenta tratados de paz com a Alemanha nazista e outras tretas históricas.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s