Nick Carter, dos Backstreet Boys, é acusado de estupro

Cantora fez um post em seu blog contando em detalhes o acontecido

Nick Carter, vocalista de uma das boy bands mais famosas do mundo, os Backstreet Boys, está sendo acusando de estupro pela também cantora Melissa Schuman. Na época ela era virgem e tinha 18 anos.

Em um post em seu blog pessoal, Melissa contou como tudo aconteceu. Nick convidou Melissa para tomar uns drinques com alguns amigos em seu apartamento em Santa Mônica, após um dia de gravação que estavam fazendo juntos. Ela foi com uma amiga e o abuso aconteceu nessa ocasião.

“Em um momento, ele me perguntou se eu gostaria de ir até seu escritório para ouvir umas músicas novas nas quais estava trabalhando. Concordei e fiquei animada em escutar o novo material. Depois de nos beijarmos por um momento, ele me pegou pela mão e me levou até o banheiro. Trancou a porta e continuamos a nos beijar. Perguntei o que estávamos fazendo lá e Nick não me respondeu, só continuou me beijando.

Depois, ele me levantou, me colocou em cima da bancada e desabotoou minha calça. Falei que não queria continuar. Ele não se escutou. Ele não se importou. E me disse: ‘Não se preocupe, não vou contar para ninguém’.

Expliquei não era esse o motivo pelo qual não queria ir adiante. Ele tirou minhas calças do mesmo jeito e começou a fazer sexo oral em mim. Pedi para parar, mas ele não parava. Apaguei a luz para não ver o que estava acontecendo, mas ele continuava acendendo a luz porque ele queria me ver. Eu me lembro de pensar que talvez depois disso ele pararia. Mas não parou.

Alguém bateu na porta e ele me levou para outro banheiro e continuou de onde estava. Nunca esquecerei o momento em que ele tirou as próprias calças. Tinha uma luz de neon no banheiro e, apesar de estar um pouco escuro, eu conseguia me ver no reflexo do espelho. Ele sentou pediu pra eu fazer sexo oral nele. Declinei, Nick ficou bravo e me disse: ‘Eu fiz por você. É justo que faça por mim’.

Me senti com medo e aprisionada. Ele estava claramente ficando muito irritado e impaciente comigo. Eu não tinha como sair, isso era evidente. Ela era mais forte e maior do que mim. Não tinha nenhuma possibilidade de eu conseguir abrir a porta ou de alguém vir me ajudar. Eu nem sabia onde estava minha amiga. Então, quando ele colocou minha mão em seu pênis, eu pensei que essa seria a única forma de conseguir sair dali: terminar o que ele tinha começado. Foi quando me vi no espelho. Meu reflexo mostrava o quando eu estava fazendo algo que me dava nojo. Me via sendo abusada e participando de um ato contra minha vontade.

Seu apetite sexual não acabou aí. Ele me levou para o quarto. Estava tarde, o apartamento escuro e ainda dava para ouvir uma música na sala de estar. Ele me jogou na cama e subiu em cima de mim. De novo, eu disse que era virgem e que não queria transar. Falei que estava me guardando para meu marido. Repeti muitas vezes as mesmas coisas. No meu ouvido, ele dizia: ‘Eu posso ser seu marido’.

Ele era incansável e se recusava a aceitar meu ‘não’ como resposta. Nick era pesado demais pra eu conseguir sair de baixo dele. Eis que eu senti ele colocar algo dentro de mim. Perguntei o que era e, no meu ouvido mais uma vez, ele disse: ‘Sou eu inteiro, baby’”

Melissa pensou em prestar queixa e denunciá-lo, mas foi desencorajada por seus agentes por perceber que não teria dinheiro para pagar advogados bons o suficiente para ganhar de Nick na justiça.

De acordo com o site Radar Online, essa não é a primeira acusação do tipo contra o cantor. Uma fã de 20 anos afirmou que ele a forçou a fazer sexo oral e que colocou os dedos dentro de sua vagina.

Em comunicado enviado à Cosmopolitan EUA, Nick falou sobre a acusação, onde alegou estar “chocado e triste” com a notícia.

“Eu estou chocado e triste com as acusações de Melissa Schuman. Ela nunca havia expressado para mim, enquanto estávamos juntos ou em qualquer outra oportunidade, que algo que fizemos não foi consensual. Nós gravamos uma música juntos e sempre a apoiei, tanto no âmbito pessoal como profissional. Essa é a primeira vez que ouço algo sobre essas acusações, quase duas décadas depois. É contrário a minha natureza e tudo o que eu prezo causar desconforto ou danos a alguém.”

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s