#ClubeDoLivroCOSMO: Leitoras comentam Mais Escuro, de E. L. James

O último lançamento da autora pela Editora Intrínseca é um dos mais esperados pelos fãs

O livro de janeiro do #ClubeDoLivroCOSMO foi escolhido por ser um dos lançamentos mais esperados do mês — principalmente para os fãs da série Cinquenta Tons de Cinza. Eu acompanho a história há anos. Li o primeiro quando ele ainda não tinha nem chegado ao Brasil e gosto. Entendo porque a história milhares de fãs e sei porque Christian pode ser tão cativante para muitas mulheres (eu enlouqueceria com um boy assim, tão intenso, perto de mim). Mas Christian tem seu charme, tenho que admitir.

Veja só o que as leitoras que fazem parte do Clube do Livro COSMO acharam da leitura. Aliás, quer se inscrever? Mande um e-mail para cosmopolitan@abril.com.br

 

“Em uma relação tão intensa quanto instigante do famoso casal Christian Grey e Anastasia Steele, entrar em contato com outro ponto de vista, ver por onde não estávamos acostumados… torna a história ainda mais interessante e excitante. Você pode ser fã da trilogia, ter devorado cada um dos livros, conhecer as músicas, ter frequentado as primeiras sessões de cinema ou ainda você pode não ser ligado muito na saga (como eu), mas não importa, o livro ainda continua sendo interessante. Vale a leitura! A narrativa está emocionante, os diálogos enigmáticos, a expectativa e a ansiedade para saber o que irá acontecer está a mil e de repente nas entrelinhas, nós leitores, recebemos o pensamento de Christian: o não-dito, a sua ideia confusa, as suas confissões, os seus pensamentos perversos, aquela vontade de ser impulsivo e pasme: até mesmo as suas inseguranças. Porque sim, pelo que percebemos, o Sr. Grey também tem as suas vulnerabilidades, mais do que se poderia imaginar, apesar daquela necessidade de estar sempre certo e no controle das situações”

Monyse Almeida

 

Mais Escuro nos traz as impressões e sentimentos de Christian Grey. A intenção era justamente apresentar a versão masculina da história sob a ótica do milionário no livro Cinquenta Tons Mais Escuros. Para quem ama e segue a trilogia, penso que vale a pena investir um tempo nesta leitura a fim de conhecer e adentrar os novos detalhes dessa história única e tão polêmica”

Thais Sousa

 

“Mais Escuro é um livro de leitura rápida e envolvente. Os personagens têm vida e a história dá o fundo necessário para manter a trama empolgante. Não li os outros livros da saga e, por isso, perdi algumas referências importantes, mas isso não me impediu de entender o que se passava. O forte do livro, claro, é o erotismo por trás da relação entre Grey e Ana, mas o apelo emocional do envolvimento real de Grey pela dá um tom mais apaixonante a trama. Uma boa leitura para um sábado chuvoso…”

Natalia Pires

 

“É interessante ver a história do ponto de vista do Christian. Sempre achei ele meio duro, e lendo agora ficou até um pouco mais humano. Foi legal ver o desenrolar do romance deles, e como ele reagiu a tudo. Não gostei muito de como foi escrito, não sei se é culpa da tradução, mas foi meio maçante de ler. No geral, foi bom. Para quem já acompanha a história vai ser legal ver esse outro ponto de vista”

Karina Cristina Souza de Assis

 

 

“Achei bem legal ver a história do ângulo do Sr. Grey e saber que é muito mais do que pareceu ser na outra versão da trama.  Algumas coisas passaram a fazer mais sentido, vistas pelo outro lado. Confesso que demorei para pegar gosto, pois já conhecia a trama, mas, depois que começou a desenrolar, fluiu bem”

Juliana Chaves

 

“Confesso que esperava mais do livro Mais Escuro. Provavelmente porque já era uma história conhecida, nada me surpreendeu e aquela sensação de suspense e de mistério que tenho ao ler outros livros, não aconteceu. Na verdade, ao saber da história sob o ponto de vista do Christian, até desconstruiu aquela imagem de galã que tinha dele, pois, ao meu ver, ele se tornou um cara fraco, muito inseguro e até mesmo um pouco paranóico. Decepcionante”

Camila Gorgone

 

“O que eu gostei do livro é ver o ponto de vista masculino. Além disso, esse foi o primeiro livro de romance erótico que acompanhei. A história é previsível e os personagens são um pouco cansativos e exagerados. O trunfo é a erotização no meio da narrativa que apimenta a leitura”

Patricia Futino

 

“Achei que tudo seguiu um padrão, não houve mudanças drásticas na impressão que foi passada do personagem nos livros anteriores. Não poderia ser diferente pois não teria coerência. E. L. James fez uma narração cronológica, sem ocultar os detalhes, e mostrou toda sua mudança e conflitos internos desde o momento em que conheceu a Ana. Tudo que o amor é capaz de fazer, e o que ele fez por amar Ana, é realmente o faz ser um homem inspirador. Ele é tão apaixonado e não se dá conta. Isso lindo demais!  Um livro realmente encantador, vale a pena”

Vivian Assis Bruno

 

“Como o livro é escrito pela ótica de Cristian, ele passa por questionamentos e dúvidas sobre seu relacionamento com Ana. Descobre o que para ele era inconcebível: se apaixonar e mudar suas atitudes em relação as pessoas. O livro mostra o lado psicológico que o protagonista teve que enfrentar ao longo da vida até chegar ao ápice da sua relação com a amada”

Fernanda Nogueira

 

“Nessa obra, minha impressão é que Grey é um pouco perdido. Christian se sente uma pessoa cheia de defeitos, em uma família perfeita e nem tem muita dimensão do quanto ele é amado. Ele acredita que Ana pode largá-lo a qualquer momento, que é um monstro para uma menina tão pura.  O que me encantou nesse livro, é o amor dele pela Ana. Em um primeiro momento, ele sequer consegue pensar na palavra para o que sente. No primeiro livro, ele se acha impossível de amar. Mas aqui, já deixa mais claro que entendeu que a ama. Inclusive ele “fala” isso em pensamento, antes mesmo da Ana contar que sabe o que ele sente por ela.  Gostei do livro. Adoro o fato da Ana fugir de um estereótipo íntimo. Ela se interessa pelo próprio prazer e também em conhecer antes de julgar.  Gosto do carinho e a submissão do Grey perante o amor. Adoro as quebras de barreiras e o aprendizado que ele tem ao longo do livro. Esta versão nos faz entender mais da personalidade do Christian, seus conflitos internos e a dimensão do seu amor pela Ana”

Ivin Amaral Fernandes

 

“Mais Escuro é o tipo de leitura que nunca me atraiu. Mesmo com meu restrito conhecimento dos livros anteriores, consegui finalizar a leitura e entender de uma maneira geral a ideia e o enredo da trilogia. A leitura foi fácil e fluiu melhor do que esperado.  Para compreender melhor o livro me inteirei com algumas resenhas sobre os anteriores, com isso acredito que a história está um pouco redundante, mas vale destacar que tive a percepção de ser um livro escrito para os amantes da história, pois existe uma atenção de detalhes para a narração. A ideia de apresentar a história pelos olhos de um personagem específico proporciona uma sensação de que havia mais aventuras, desejos e mistérios para os leitores descobrirem.

Danielle Vieira

 

“Confesso que não foi uma leitura que me prendeu. Li o primeiro livro da série e adorei, tanto que emendei com o segundo, que achei bem morno, e abandonei na metade. Senti o mesmo com a versão do Christian, tendo dificuldade de insistir na leitura. Vi muita gente amando este, mas não fez o meu tipo de leitura, infelizmente”

Ariane de Lima Macedo

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s