Em Roomies, o amor começa a acontecer dentro do metrô

O novo livro de Christina Lauren ainda não chegou ao Brasil, mas tem tudo para se tornar um de seus queridinhos

Você é o tipo que passa batido pelos artistas de rua — estejam eles tocando no metrô ou em um parque — ou para pra prestar atenção nas apresentações? Holland Bakker tinha um crush imenso em um guitarrista do metrô (a ponto de desviar 10 quarteirões de seu caminho só para vê-lo tocar) até que um dia tomou coragem (e uns drinques) e resolveu falar com ele. E aí, será que rola? Isso é só um pouquinho do que você vai encontrar em Roomies, de Christina Lauren.

Eu particularmente não curto ficar perto da plataforma do trem ou do metrô. Levo a sério esse lance de prestar atenção na faixa amarela. Sou pequena e tenho medo que alguém esbarre em mim com força (alô, pessoas com pressa) e me derrube no trilho. Holland não teve a mesma sorte e acabou com um braço quebrado depois de uma tentativa de assalto na estação (desculpa o spoiler!), mas foi aí que sua relação com Calvin começou a existir. Afinal, além desse ter sido o dia que ela falou com ele pela primeira vez, foi o boy que chamou a ambulância para socorrê-la.

 

Quando o violinista da peça da Broadway de seu tio (que é o maior sucesso) pede demissão e abandona a apresentação no meio de uma temporada, Holland tem uma ideia: colocar Calvin na orquestra! É, guitarra não tem nada a ver com violino, mas ela leva o tio para conhecê-lo mesmo assim.

Se eu falar mais, ninguém vai precisar ler porque terei contato a história inteira!

Christina Lauren é uma dupla de escritoras (que são umas fofuras e já tive a oportunidade de entrevistar) que você já deve ter visto muito aqui na coluna do Clube do Livro COSMO. É só elas lançarem algo novo que já estou comprando. Tanto que esse título ainda não chegou as prateleiras do Brasil, infelizmente. Mas se você quiser praticar aquelas suas intermináveis aulas de inglês, fica a dica: tem jeito mais divertido do que lendo?

Esse é mais um daqueles romances divertidos que vale a pena curtir em uma tarde de sábado. Você vai rir, se surpreender e ter vontade de escutar um sotaque irlandês só pra entender do que Holland está falando…

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s