8 famílias das séries que fazem a sua parecer muito tranquila

Imagina passar as festas de fim de ano na casa destes personagens... #SpoilerAlert!

Modern Family

Se não fosse uma comédia, Modern Family poderia entrar no time de Parenthood e Brothers & Sisters no que diz respeito a relações familiares complexas. Como trata as diferenças de maneira leve, é um retrato do que poderia ser a família de qualquer um de nós. O pai, Jay, re-casado com uma mulher mais jovem e de uma cultura diferente (Gloria!), o filho de um primeiro casamento que, como Manny, se torna parte da nova família, casais de mesmo sexo como Cameron e Mitchell, filhos adotivos como Lily, aquela filha ou neta mais certinha como Claire e Alex, a desencanada à la Haley, o pai/tio descolado que nem Phil… São as confusões do dia a dia deles que fazem tudo mais surreal – e nos fazem pensar que a nossa família, ah sim, é muito tranquila.

 

Shameless

Shameless

 (Divulgação/)

Agora sim adentramos o território do drama. Frank Gallagher é alcoólatra, dependente químico, golpista e pai de seis filhos que precisam aprender a tomar conta de si mesmos, já que a família está à beira do caos. Enquanto Fiona, a filha mais velha, se vira para tocar a casa, Lip também vive de truques e abuso de substâncias como o pai. Ian, o meio-irmão, é bipolar, gay e tem um relacionamento difícil com o vizinho homofóbico, Mickey. Já Debbie é a adolescente com dificuldades de socialização, enquanto seu irmão mais novo, Carl, demonstra tendências sociopáticas e gosta de mutilar e matar animais. O caçula, Liam, sofre dano cerebral e tem sequelas intelectuais por ter ingerido, acidentalmente, cocaína. E isso é só o começo…

 

Game of Thrones

Game of Thrones

 (Divulgação/)

Game of Thrones é um prato cheio para dramas familiares. De um lado, temos os Lannisters, com o ambicioso e frio patriarca Tywin, os gêmeos incestuosos Cersei e Jaime, o renegado por ser anão e boêmio Tyrion (que termina matando o próprio pai), além da prole de seus dois irmãos, todos mortos: a insossa Myrcella, o frágil Tommen e o psicopata Joffrey. Apesar de honrados, os Starks também só atraem problema: os pais Ned e Catelyn e os filhos Robb e Rickon já perderam suas cabeças, enquanto Sansa foi estuprada, Arya foge para sobreviver, fica temporariamente cega e é treinada para matar, Bran está paraplégico, embora tenha encontrado seu poder paranormal e Jon… Morreu e voltou para lutar um pouco mais. Não é à toa que qualquer jantarzinho de casamento ou reunião de família é um evento #tenso na série.

 

Grey’s Anatomy

Grey's Anatomy

 (Divulgação/)

Depois de ser abandonada pelo pai na infância, Meredith Grey (centro) foi criada pela mãe, a dura Ellis. Já adulta, ela descobre que tem meias-irmãs do segundo casamento do pai, Thatcher, com quem tem uma relação difícil e só se afeiçoa pouco a pouco. Com Lexie, a mais velha, ela desenvolve uma relação próxima, só para mais tarde perder a irmã em um acidente de avião. Anos depois, ela descobriria a irmã que sua mãe deu para adoção, fruto de um caso extraconjugal, Maggie. A relação das duas ainda patina, assim como a dela com a “irmã adotiva”, a cunhada Amelia. São elas que ajudam Meredith a cuidar dos três filhos depois de ter ficado viúva de Derek. Tá fácil, né?

 

Empire

Empire

 (Divulgação/)

Bafão, climão, confusão: nada define melhor a família Lyon. A começar pelo patriarca, Lucious, um ex-traficante e empresário do hip-hop que descobre ter esclerose lateral amiotrófica, uma grave doença degenerativa. Cookie, sua ex-mulher e mãe de seus três filhos, é causadora, mas é também quem sempre segurou as pontas de Lucious e da família, já que foi presa por tráfico no lugar dele para não arruinar a carreira e os negócios do marido. O caçula, Hakeem, é mulherengo e obcecado pela fama. Jamal, o filho do meio, é sensível, talentoso compositor e gay, tido pelo pai como ovelha negra. Mas, eventualmente quando Lucious é preso, é quem toca os negócios. Andre, o mais velho, é inteligente, ambicioso e volátil. Sofre de transtorno bipolar e fica viúvo na segunda temporada, em meio a disputas de poder com os irmãos. Sim, tudo pode (e ainda vai) piorar!

 

Sons of Anarchy

Sons of Anarchy

 (Divulgação/)

Um clã que em nada fica a dever aos Sopranos. Estes são os Teller-Morrow.
O Sons of Anarchy Motorcycle Club foi construído com base em puro drama familiar. O pai do protagonista Jax (ao fundo), J.T., era um homem atormentado pela entrada do clube no comércio ilegal de armas e por seu casamento deteriorado com Gemma (à esquerda). Assassinado pela própria esposa e pelo melhor amigo, Clay Morrow, que mais tarde se tornaria padrasto de Jax, ele deixou o filho e uma filha fora do casamento na Irlanda. Os segredos do fim de J.T. e os conflitos morais de Jax levariam, mais tarde, o mesmo a assassinar Clay. Já Gemma mataria o grande amor do filho e mãe de seus netos, Tara (à direita). Quando Jax descobre… Mata a própria mãe. Suave, não?

 

This is Us

This is Us

 (Divulgação/)

This Is Us está só no começo, o que quer dizer que é provável que ainda venha muita reviravolta familiar pela frente. Apesar de fofa, a série já tem potencial para deixar a gente de cabelo em pé. Isso porque o casal principal, Rebecca e Jack enfrenta problemas desde o momento do parto de seus filhos: um dos trigêmeos morre ao nascer, o que os leva a adotar um bebê abandonado na maternidade no mesmo dia. De lá, eles saem dispostos a por seus sonhos em espera para criar Kate, Randall e Kevin. O pai biológico de Randall é um dependente químico, algo que Rebecca esconde do filho. Já Jack lida com sua própria dependência, pois se torna alcoólatra ao longo dos anos. Na timeline presente, vemos que Jack já faleceu e Rebecca se casou com seu melhor amigo, William. O caminho que os levou até ali? Ainda vamos descobrir.

 

Californication

Californication

 (Divulgação/)

Ainda jovem, o escritor Hank Moody (direita) engravida Karen (esquerda), com quem está apenas ficando. Os dois navegam uma relação doméstica indefinida por anos, repleta de amor e drama. Quando Californication começa, Hank perdeu a esposa-que-nunca-foi para o arquiteto que projetava a casa deles, de quem Karen está noiva. Ele, de maneira bem pública, transa com quem passa pela frente, mas sempre emocionalmente preso a ela e à filha dos dois, Becca. Em uma dessas aventuras, sempre regadas à bebida e drogas, ele acaba transando (sem saber) com a filha do noivo da ex, uma adolescente de 16 anos. Quando a verdade vem à tona, Hank acaba preso, acusado de estupro, já que a garota era menor, e em uma crise familiar sem precedentes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s