Michiel Huisman, o Daario Naharis de Game of Thrones, fala sobre ser ator

Parte do elenco de uma das séries mais famosas da atualidade, Game of Thrones, o ator contou como é os bastidores da atuação

Para quem assiste a série Game of Thrones, Michiel Huisman, será eternamente conhecido como Daario Naharis. No entanto o ator holandês está cada vez mais ganhando espaço na televisão e cinema internacionalmente. De filmes e séries de grandes estúdios com efeitos visuais à pequenas produções independentes dirigidas por novos diretores, pode ser dizer que Michiel já fez de tudo um pouco.

Só neste ano o ator está com diversos novos projetos de diferentes estilos sendo lançados. Entre eles já foram anunciados o filme The Red Sea Diving Resort ao lado de Chris Evans, a série The Hauting of Hill House produzida pela Netflix e o State Like Sleep filme independente dirigido por Meredith Danluck que participou do Festival de Cinema de Tribeca.

Durante a estreia de State Like Sleep no festival tivemos a oportunidade de conversar com ele, que havia recém-chegado de viagem, onde estava filmando a série do Netflix. Michiel contou à COSMO sobre o deslumbre e as dificuldades da vida de ator.

 

 Como é para você, um ator holandês, estar estreando em Nova York nesse festival?

Estou muito animado mesmo. Esse é o meu primeiro filme no festival e é surpreendente para mim pensar que estou aqui. Era algo que estava no topo da minha lista de prioridades da vida [risos]. Esse festival é conhecido mundialmente e é um dos principais da indústria. Acompanhei ele desde o início então é uma realização.

Sabemos que você está cheio de projetos, mesmo assim você tem conseguiu aproveitar o festival?

Só consegui vir direto à estreia. Estou filmando em Atlanta este mês para uma nova série Netflix. Então fugi por um dia. Só ficarei esta noite. Tenho que aproveitar ao máximo o que o festival oferece em um dia.

As produções de Games of Thrones e Netflix dão uma exposição muito grande. Como é para você lidar com esse lado da profissão?

A indústria tem um lado muito fantasioso. Como aqui no tapete vermelho, essa coisa maluca de mil fotógrafos querendo a sua foto e depois conversar com a imprensa e ver os fãs. E isso é deslumbrante e divertido na maioria das vezes.

Isso está presente também na hora das filmagens?

Quando você está de fato filmando, principalmente algo como um filme independente, quase que esquece de todo aquele lado fantasioso. O nosso dia a dia é de longas horas no set e muitas vezes com pouca estrutura. E isso vale para as grandes produções também.

Quais são os mitos sobre a vida diária de um ator?

Ao contrário do que muitos pensam, é um trabalho duro e, na maior parte das vezes, você não é o centro das atenções. O foco é contar uma história seguindo a visão de um diretor ou diretora, como foi o nosso caso em State Like Sleep. O papel do ator é se adaptar para atender essa visão da melhor forma possível. Você tem que amar muito o que faz.

E o que você mais gosta no seu trabalho como ator?

Contamos histórias fantásticas, por isso me sinto muito sortudo em trabalhar com isso. A parte do glamour é legal, e acho que, sim, precisamos um pouco disso. Mas gosto quando estou trabalhando com a mão na massa mesmo. É o que eu acho real, e o mais legal, dessa indústria.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s