Veja a exposição que inspirou o baile do MET 2018

COSMO visitou o museu com exclusividade antes de um dos eventos mais badalados da moda

Uma das principais tradições de Nova York é o gala do Metropolitan Museum of Art, o MET. Sempre na primeira segunda-feira de maio, o evento frequentado por grandes celebridades e figuras icônicas da moda marca o lançamento da exibição anual do Costume Institute do Metropolitan Museum of Art. O evento que busca arrecadar fundos o instituto que registra a moda como arte, é organizado em parceria com alguma grande marca relacionada ao tema que é abordado na exposição. Este ano o tema foi Moda e a Imaginação Católica em parceria com a Versace levando o título de Heavenly Bodies.

Heavenly Bodies propõe um diálogo entre moda, arte medieval e o catolicismo, através de peças de alta costura, artigos que já fazem parte do acervo medieval do museu e alguns itens emprestados do Vaticano. Tivemos a oportunidade de conferir a exposição de perto no evento de pré-estreia antes do gala, apresentado por ninguém menos Donatella Versace. Com o apoio dela, é fácil garantir que a exposição promete gerar filas quilométricas no museu.

Veja também

Com vestidos e acessórios de Alexander McQueen, Dolce Gabbana, Balenciaga, Dior, Jean Paul Gualtier entre tantos outros nomes icônicos da moda, a exposição é quase uma experiência imersiva nas áreas de arte medieval do museu. Utilizando uma grande direção de luzes e música de fundo, o MET criou cenas definitivamente dramáticas ao espalhar as peças dos diferentes designers contemporâneos nas diversas salas, tornando possível para o público fazer uma comparação da inspiração que estas tem com a arte e arquitetura medieval. Desde os desenhos e cores, até o uso de texturas para comparar com esculturas e mosaicos.

O contraste é feito com a disposição das roupas próximas a objetos religiosos, pinturas e vestes papais que poderiam ter sido usadas como referência para a mesma. Outro ponto bastante destacado era de comparação e semelhança das peças de alta-costura com os detalhes e materiais das vestes papais. Além das salas dentro do museu, grande parte de exposição esta no prédio do Cloisters, cenário que não poderia ser mais ideal, uma vez que este é um museu de arte e arquitetura medieval construído com partes de conventos trazidos da Europa no final dos anos 1930.

Heavenly Bodies está aberta ao público a partir do dia 10 de Maio e fica em exibição no Metropolitan Museum e no Cloisters até o dia 08 de Outubro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s