A história da equipe feminina de Bobsled da Nigéria é inspiradora

As americanas conquistaram o título mesmo com falta de recursos

Você consegue imaginar aprender um esporte sozinha, treinar sem os recursos necessários e apenas um ano depois conseguir ficar tão boa a ponto de ir para as Olimpíadas de Inverno? Foi isso o que aconteceu com Seun Adigun, 31 anos, depois que ela decidiu construir um trenó de bobsled em sua garagem.

Não demorou muito para Seun ter a ideia de montar uma equipe, e ela já sabia exatamente quem seriam suas parceiras – Akuoma Omeoga, 25 anos, e Ngozi Onwumere, 26 anos. Todas elas são americanas, nasceram no Texas e tem pais nigerianos —  o que deu o direito de representar o país nos jogos olímpicos.

Na época, não existia um órgão de governo na África para solicitar a qualificação para os jogos, mas nada as impediu de treinar um esporte de inverno no calor do Texas e levar o time a outro nível.

“Nós não tínhamos ideia do que estávamos fazendo quando decidimos praticar bobsled”, contou Adigun em entrevista à revista Complex. “Às vezes, as pessoas são prejudicadas pelo medo. Esse medo de não saber o que está do outro lado da porta”.

 

Foi preciso muito trabalho e uma ajudinha das redes sociais para que elas conseguissem a qualificação. Isso porque o time não tinha equipamentos e mal conseguia bancar as viagens de treino.  Foi aí que elas criaram uma campanha online na plataforma “GoFundMe” e antes que esperavam já haviam arrecadado 75 mil dólares.

A primeira competição no gelo foi em janeiro de 2017 e em novembro elas estavam qualificadas para os Jogos de Inverno. “Isto é sobre as pessoas que estamos tentando representar e o esporte que estamos tentando ajudar a crescer. Essa é a primeira vez que a bandeira da Nigéria foi carregada nos Jogos Olímpicos de Inverno, o que deu um significado muito especial”, diz Adigun.

Elas esperam inspirar outras pessoas, deixando a mensagem de nunca ter medo de ir atrás dos seus sonhos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s