Faça seu salário resistir até o fim do mês

Deciframos 5 perfis de mulheres que gastam muito e ensinamos como reverter esta situação

Faça seu salário resistir até o fim do mês

Atenção: quem gasta de pouco em pouco acaba com um rombo no orçamento!
Foto: Getty Images

Você está na fila para pagar o estacionamento quando… Surpresa! Descobre que aqueles 20 reais sacados no dia anterior viraram uma coleção de moedas. A solução é assinar um cheque de apenas 5 reais (ai, que dó!). Ao receber a fatura do cartão de crédito, tem taquicardia, imaginando quanto vai custar a ”passadinha” no bazar da marca preferida.

Se a sua conta bancária vive assim, com uma aparência desgastada, corra para o nosso consultório financeiro. Experts mostram que manter uma carteira invejável, graças à paralisação em pontos cruciais de gastos, não é tão difícil quanto parece. E só depende de você – palavra do estudioso Alvin Hall. ”A idéia é aplicar atitudes mais firmes na forma como cuida do seu dinheiro.”

Veja com quais sintomas abaixo você se identifica e aprenda a deixar suas finanças lindas.

 

Baladeira mão aberta

Sintomas
1. Depois da terceira taça de vinho, você pensa: ”Pagar 40 reais num prato não vai me levar à falência”.
2 Sempre banca petiscos para os amigos no seu cartão de consumação.
3 Pede dinheiro emprestado para pagar estacionamento ou táxi.
4 Jamais perde uma noitada por falta de grana, recorrendo ao cartão de crédito.

Injeção na conta
Você nunca calcula despesas na hora de se divertir, certo? ”Antes de sair, estabeleça um limite de quanto poderá gastar com táxi ou estacionamento, comida, bebida, entrada na casa noturna… E não passe disso. Se possível, leve o dinheiro contado e deixe o cartão de crédito de lado”, indica Parsons. Ainda assim extrapolou? Identifique os ”pontos de perigo” para evitá-los da próxima vez. Pediu pratos caros como as amigas? Foi a mais de uma balada na mesma noite? O passo seguinte é se questionar: vale a pena torrar seu salário dessa forma?

 

Garota conta-gotas

Sintomas
1. Você enche a bolsa de guloseimas depois do almoço.
2. Compra bugigangas no farol porque são baratinhas.
3. Vive sem dinheiro para o ônibus e acaba indo a pé.
4. Vai ao shopping sem precisar e… paga estacionamento.

Injeção na conta
Você é da turma das que gastam de pouquinho em pouquinho. Aqueles 10 reais a menos por dia, sabe? Já pensou que, em um ano, esse dinheiro corresponde a mais de 3,5 mil reais? Um jeito de se controlar é fazer seu diário de gastos, anotando cada real que sai da carteira. Assim, saberá para onde vai o salário e como paralisá-lo. Juntar várias notas de 10 reais e pagar uma conta maior, como a do celular, também ajuda a trocar o hábito de gastar de pouquinho pelo hábito de poupar de pouquinho.

 

Devoradora de salário

Sintomas
1. Você cobre o saldo negativo com a maior parte do que ganha.
2. Paga uma fortuna de aluguel e mal curte seu apê.
3. Não consegue se referir ao banco, ao cartão de crédito sem falar mal deles.
4. Só enche o tanque quando está na reserva.

Injeção na conta
Depois que salda as despesas fixas (leia-se: aluguel, luz, gás…), dificilmente sobra algo. Uma saída: arranjar um bico e, antes de se endividar, investir 10% de tudo o que ganha. E questionar: aqueles canais pagos de filmes estão sendo vistos? Pode morar num apê menor que o atual? E trocar o celular pelo e-mail?

 

Viciada em pechinchas

Sintomas
1. Você não precisa, mas compra mais uma bata porque está baratérrima.
2. Se encontra brincos pela metade do preço, escolhe cinco para você e um monte para dar de presente.
3. Tem um biquíni no seu tamanho atual e outro menor para quando emagrecer.
4. Sempre empresta roupas às amigas, pois seu armário tem muitas opções.

Injeção na conta
Parsons recomenda usar como mantra a frase ”Eu sou mais que isso” toda vez que for hipnotizada por uma promoção. ”Não é necessário acumular uma tonelada de roupas para ser valorizada”, avisa o expert. Ficou doida por um novo modelito? Abra o guarda-roupa para checar o que já tem. É capaz que encontre peças das quais nem se lembra e conclua que não precisa gastar. Outro mantra: comprar só o que cai bem em você. Assim, manterá a carteira firme, forte e cheia de dinheiro!

 

Gastadora por tabela

Sintomas
1. Toda vez que faz um programa com amigos, você não paga a conta do celular em dia.
2. Já pensou que seu cartão de crédito havia sido clonado, depois descobriu que o enorme valor era do ingresso do camarote de um espetáculo.
3. Fingiu estar doente para evitar uma noitada cara com a turma.
4. Aumentou o limite do cartão para comprar um presente para o namorado.

Injeção na conta
A carteira de seus amigos (ou do namorado) é mais recheada que a sua. E você vive tentando acompanhar o padrão deles. ”Melhor jogar limpo dizendo que não pode gastar tanto”, orienta Rob Parsons, autor de The Money Secret (O segredo do dinheiro). Também vale propor programas menos caros, como uma reunião em casa, sendo que os convidados levam a bebida. E pedir a eles conselhos sobre como ganhar e manter o dinheiro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s