Fazendo história: “Ninguém deveria sofrer bullying pela sexualidade”, diz Príncipe William em revista LGBT

Pela primeira vez, um membro da realeza britânica aparece na capa da publicação.

No dia 12 de maio deste ano, Príncipe William convidou a equipe da revista Attitude e alguns representantes da comunidade LGBT para conversar sobre homofobia. Ele queria ouvir a experiência destas pessoas e discutir os efeitos psicológicos que qualquer tipo de preconceito e bullying sofridos poderiam causar. 

Leigh Keily Leigh Keily

Leigh Keily (/)

Foi um dia especial, que terminou com chave de ouro. Após a reunião, ele reservou um tempo para ser clicado pelo fotógrafo Leigh Keily. O resultado já entrou para a história. Ele é capa da revista com seu sorriso largo e uma frase poderosa: “Ninguém deveria sofrer bullying pela sexualidade ou por qualquer outra coisa”. Pela primeira vez que um membro da realeza britância aparece na capa de uma publicação LGBT.

 

"No one should be bullied for their sexuality. Don't put up with it. Be proud of the person you are." The Duke of Cambridge is on the cover of the next issue of @attitudemag speaking out against bullying. In early May 2016, His Royal Highness met with a group of young LGBT people convened by @attitudemag at Kensington Palace to listen to their experiences of bullying, and the mental health impacts it can have. The fight against bullying is a key priority of The Duke's work. His Royal Highness recently established a taskforce on the prevention of cyberbullying, and is leading the Heads Together campaign on mental health and wellbeing along with The Duchess of Cambridge and Prince Harry http://bit.ly/24Q6wYH

A post shared by Kensington Palace (@kensingtonroyal) on

 

Combater o bullying, segundo o post feito no Instagram da família real, é uma das prioridades de William, que criou uma força-tarefa para lutar contra o cyberbullying. E junto com Kate Middleton e o Príncipe Harry, ele participa da campanha Heads Together para eliminar o estigma das doenças mentais. 

 

Leigh Keily Leigh Keily

Leigh Keily (/)

Outra demonstração de preocupação com a causa LGBT e combate à homofobia aconteceu ontem (14/06). Na Embaixada dos Estados Unidos no Reino Unido, William e Kate Middleton assinaram um livro de condolências em homenagem aos 49 mortos ataque em Orlando.

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s