Saiba como modificar alguns traços de sua personalidade!

Tímida, insegura, explosiva... Siga dicas de experts para transformar traços de sua personalidade de maneira positiva

Saiba como modificar alguns traços de sua personalidade!

Para mudanças efetivas, emoção e razão devem andar juntas
Foto: Thinkstock

Toda mulher que já começou uma dieta na segunda-feira e desistiu na quarta, ou pagou o plano anual da academia e apareceu por lá só no primeiro mês, sabe quanto é complicado mudar hábitos. Por que é tão difícil promover alterações positivas e duradouras em nossa personalidade? Os psicólogos americanos Chips e Dan Heath analisaram as pesquisas mais recentes sobre o tema e concluíram que essa dificuldade se deve ao embate entre a parte emocional e a racional do nosso cérebro. A tese diz que qualquer mudança, de hábito ou personalidade, começa pelo lado emocional. É preciso desejar que ela ocorra. Porém, se não houver uma estratégia para colocar essa vontade em prática, não há motivação que resolva. Se você fica vermelha, gagueja e quase desmaia quando precisa falar em público, não pode ignorar a situação e acreditar que irá se transformar na rainha da comunicação apenas com sua força de vontade. Emoção e razão devem agir juntas.

Ainda segundo a tese, o nosso cérebro está dividido em duas partes: o elefante e o condutor. A primeira corresponde ao emocional. É a que diz para a pessoa tímida inventar uma dor de barriga para fugir da palestra que terá de conduzir no dia seguinte. A segunda é o lado racional. Ele sabe que fugir do compromisso não é uma boa ideia para quem quer construir uma carreira. Ou seja, o condutor precisa não só traçar um caminho para resolver a questão como convencer o elefante a segui-lo. No percurso, ainda topará com outros obstáculos: nossos códigos mentais, que determinam se uma pessoa tem maior ou menor propensão a mudanças, segundo a professora de psicologia da Stanford University Carol Dweck. “A educação que recebemos dos pais e as experiências posteriores também podem dificultar o processo”, afirma a psicóloga Adriana Fregonese, da Santa Casa de São Paulo. Mas não torná-lo impossível.

Ainda que nem sempre seja possível mudar completamente a personalidade, os especialistas afirmam que, com paciência e dedicação, todo mundo é capaz de, em algum nível, domar o elefante interior. A pedido de NOVA, o psicólogo Dan Heath revelou o passo a passo para uma transformação bem-sucedida. Basta adaptá-la para o seu caso:

Mudança programada

Você acabou de receber uma promoção no emprego e vai, enfim, ganhar um cargo de chefia. A notícia seria ótima se não fosse um porém: de tão tímida e introspectiva, você chega a ter aversão a contatos sociais. Como fazer para comandar tanta gente?

Pergunte a si mesma

– Qual a última vez que fui bem-sucedida em situações sociais?

– O que fez esse momento ser diferente?

A resposta à última pergunta é a prova de que você é capaz, sim, de lidar com esse problema. Ao descobrir os fatores e as atitudes que possibilitaram essa mudança de sucesso, você pode – e deve – copiá-los para outras situações. Assim, terá bons resultados.

 Não force a barra

– Você pode até se obrigar a agir de forma extrovertida, mas não vai dar certo. Ao se forçar demais, o máximo que conseguirá é perder o autocontrole.

– Não imite seus colegas extrovertidos. Para conseguir mudar, você deve trabalhar com suas próprias armas e sentimentos. Seja você mesma.

Alternativas
– Enquanto a mudança não acontece, o jeito é criar estratégias de adaptação. Neste caso, você pode dar o feedback do trabalho por e-mail. Assim, estará cumprindo seu papel de chefe como condiz com sua personalidade.
 
Teste: você é propensa a mudar?
 
Classificado em fixo ou construtivo, nosso código mental é o que determina nossa maior facilidade ou dificuldade para promover transformações interiores. Leia as frases abaixo e responda sim ou não a cada uma delas:

1. Acredito que não há muito a fazer para alterar a personalidade.

2. Sempre há a possibilidade de mudar significativamente algo.

3. É possível transformar a forma de fazer as coisas, mas a nossa essência dificilmente pode ser alterada.

4. Podemos modificar aspectos básicos da nossa personalidade.

Respostas

Quem respondeu sim aos itens 1 e 3 tem um “código mental fixo”. São pessoas que acreditam que suas habilidades são estáticas. Elas tendem a evitar desafios por medo de errar e serem consideradas fracassadas, sentem-se ameaçadas por críticas e querem passar a imagem de que nunca se esforçam para fazer aquilo em que são consideradas boas. Quem respondeu sim aos itens 2 e 4 tem um “código mental construtivo”. São pessoas que acreditam que as habilidades são como músculos e podem ser construídas por meio da prática. Elas tendem a aceitar desafios sem medo do fracasso e acreditam que as críticas ajudam a crescer. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s