Segundo um importante estudo, não há vagina “normal”

Pesquisa feita na Suíça analisou as vulvas de 650 mulheres

Uma pesquisa feita por cientistas do Lucerne Cantonal Hospital, na Suíça, com 650 mulheres brancas entre 15 e 84 anos, chegou à conclusão de que não há um padrão de vagina. O estudo, segundo o jornal britânico Daily Mail, examinou as vulvas de todas essas mulheres.

Os pesquisadores mediram os lábios internos e externos, o clitóris, a abertura vaginal e o períneo. Houve tanta variação que a conclusão foi que não há um tamanho “médio” para a vulva.

O resultado aparece em meio a um boom na quantidade de labioplastias — cirurgias feitas na genitália feminina para, geralmente, reduzir o tamanho dos lábios. Em entrevista ao mesmo jornal, o ginecologista americano Kenneth Levey afirmou que o crescimento desse tipo de cirurgia pode ter consequências graves para as próximas gerações.

“A relação de uma mulher com a aparência e o tamanho de seus lábios vaginais é muito subjetiva. Não há como criar um padrão objetivo em torno dela”, disse.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s